- Publicidade -

More

    Desarticulada rede que traficava brasileiras para se prostituírem em Angola

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A Polícia Federal brasileira desarticulou hoje uma rede de tráfico internacional de mulheres que levava brasileiras para Angola, onde eram oferecidas a clientes de alto poder económico, informou aquela força.

    prostituta

    A operação, baptizada de “Garina” (menina, na gíria angolana), levou à prisão de cinco pessoas envolvidas no processo e à execução de outros onze mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, São Bernardo do Campo, Cotia e Guarulhos, todas no estado de São Paulo, na região sudeste do Brasil.

    Dois estrangeiros, cujas nacionalidades não foram divulgadas, e que se encontram fora do Brasil, também tiveram a sua prisão decretada pela Justiça Federal brasileira e os seus nomes foram incluídos na lista mundial de procurados da Interpol.

    As mulheres eram aliciadas em casas nocturnas de São Paulo pelos membros da rede, que ofereciam 10 mil dólares (7.290 euros) para que elas se prostituíssem por uma semana em Angola.

    Ainda segundo a assessoria da Polícia Federal brasileira, as investigações encontraram provas de que brasileiras “do meio artístico” receberam até 100 mil dólares (72,9 mil euros) para se relacionar sexualmente com um rico empresário e ex-parlamentar de Angola.

    “Há fortes indícios de que parte das vítimas foi privada temporariamente de sua liberdade no exterior e obrigada a manter relações sexuais sem preservativos com clientes estrangeiros”, diz o comunicado da Polícia brasileira, acrescentando que as vítimas recebiam, nesses casos, um falso tratamento de medicamentos anti-sida.

    A investigação acredita que os criminosos movimentaram cerca de 45 milhões de dólares (14,7 milhões de euros) com o tráfico internacional destas mulheres, nos últimos seis anos.

    Via  Lusa / NJ

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Nelo Jazz lamenta falta de programas educativos na TV: “Não há nenhum programa de educação”

    O veterano ator Nelo Jazz, conhecido pela sua inesquecível interpretação como Papá Ngulo, lamentou recentemente a ausência de programas educativos na televisão, especialmente no...

    Desconhecimento do limite de 16 km para pagamento de 200 Kz nos táxis gera controvérsia entre taxistas e passageiros

    Por: Ernesto Jaime  A recente decisão do Ministério dos Transportes de ajustar a tarifa dos táxis para 200 Kwanzas para um limite de 16 km...

    Dog Murras reflecte sobre nova estratégia de marketing de artistas: “… nossa sociedade está doente”

    Por: Nunes Hebo A tendência de alguns artistas criarem situações antes do lançamento de um projecto parece estar longe de terminar, pois, na medida que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto