- Publicidade -

More

    Detido em Luanda falso procurador

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    João Sebastião, 43 anos, foi detido pela Polícia Nacional, há dias, acusado de receber valores monetários com a promessa de soltar réus, ao se fazer passar por procurador da República, Junto da Esquadra do Zango 0.

    O porta-voz da Polícia Nacional em Luanda, inspector chefe Nestor Goubel, disse, ontem, ao Jornal de Angola, que João Sebastião vai responder pelos crimes de usurpação de funções, fraude qualificada e associação criminosa.
    Informou que o falso procurador chegou a receber 250 mil Kwanzas da cidadã Suzana Ferraz, com a promessa de soltar o seu marido, que está detido há dois meses, por questões ligadas à compra e venda de terrenos.

    Ao Jornal de Angola, Suzana Ferraz disse que entregou 272 mil Kwanzas ao falso procurador, que depois de muito tempo não consegui soltar o seu marido, apresentando vários argumentos, situação que levou os familiares a denunciarem-no à Polícia Nacional.

    João Sebastião, que é taxista, negou as acusações e alegou que recebeu os valores para ajudar a senhora que tem o marido detido, tendo acrescentado que o dinheiro está guardado numa conta bancária.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto