- Publicidade -

More

    DJ Malvado diz que não sai de casa para tocar em festas por menos de 600 mil Akz

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Com mais de 30 anos de carreira, o conceituado Dj Malvado falou abertamente sobre o seu cachê e do fluxo de trabalho ao longo dos anos, revelando não sair de casa para trabalhar por menos de 600 mil Kwanzas. O mesmo disse ainda que em trinta anos de carreira não se recorda de ficar um fim-de-semana sem evento.

    “Eu trabalho com uma agência e por exemplo, o Malvado não sai por menos de 600 a 700 mil kwanzas e finais do ano 4 a 5 milhões à vontade. Pagam-me isso. Há três anos fiz três eventos no final de ano e não gostei, pagaram-me muito, mas todos sabiam que eu faria três eventos. Não gostei porque eu não gosto de fazer três eventos por dia”, disse.

    Claúdio Rodrigues “Dj Malvado” fez saber que nunca será como Cristiano Ronaldo, que diz ser o melhor do mundo, apesar de as pessoas classificarem-no como tal. O Dj aproveitou a ocasião para chamar atenção aos colegas de trabalho que já têm preços estipulados, o que muitas vezes faz com que fiquem sem eventos ressaltando a importância de saber ceder, pois o mundo dos Dj’s funciona muito na base do amiguismo.

    “Tu como dj, se não perceberes que aquele organizador que tem um evento que vai pipocar tem estes custos para te pagar, e se fores armado: ah não o meu cache é um milhão eu daqui não saiu de casa vais morrer na praia… Vais ficar com dois eventos e quando deres conta estás no esquecimento, quando tentares puxar o travão de mão e dizer vou reduzir porque vou cobrar 200, 300, 400 mil já ninguém te quer já apareceram outros a dar carga”, expressou.

    Malvado é um dos DJ’s mais conceituados de Angola, deu início à carreira com pseudónimo Cláudio Costelinha, mas foi como DJ Malvado que granjeou fama e conquistou o seu lugar ao sol.

    Por: Sara Rodrigues

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Francisco Destino apela por cuidados com “burnout” e esgotamento físico

    Por: Lindeza Admizalda Francisco Destino, sociólogo angolano e conhecido estrategista de negócios, compartilhou nesta quarta-feira (12) que foi diagnosticado com esgotamento físico, conhecido como "burnout",...

    Mbala Nzola e Annabelle Semenou anunciam chegada do primeiro filho

    Por: Helder Lourenço O jogador internacional angolano Mbala Nzola e a modelo Annabelle Semenou anunciaram, nesta quarta-feira, 12 de junho, que estão à espera do...

    Cidade de Al Bayda na Líbia iluminada com imagem de Ary Papel

    Por: Helder Lourenço A cidade de Al Bayda, na Líbia, localizada nos arredores da capital, foi iluminada com a imagem do extremo angolano Manuel David...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto