- Publicidade -

More

    Dj Nelasta alega que não é devidamente respeitado pelos promotores de eventos

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O conhecido DJ da nova geração do Djing angolano, Nelasta, falou sobre a falta de reconhecimento por parte dos promotores de eventos, não apontando apenas o valor financeiro investido, mas também o tempo dedicado na criação de performances.

    Em uma entrevista concedida no programa “Platinando”, da Platina FM (96.8), o artista expressou os seus sentimentos, destacando a dedicação e o esforço investido em cada uma das suas performances memoráveis.

     “Gostaria muito que os promotores me respeitassem, porque eu faço muito esforço. Crio algo para ser memorável, algo que dizem vocês viram aquela entrada do Nelasta! Faço por mim e pela festa”, esmiuçou.

    O descontentamento do Dj serve como apelo à reflexão na indústria de eventos, instando os promotores a reflectirem sobre o esforço e a paixão que os artistas investem em suas apresentações.

    “Levo muito tempo a planear uma performance, fora o dinheiro investido, tenho o tempo investido também, é muito tempo investido em performances, fico às vezes três meses, quatro meses, pensando no que vou fazer, e isso é o que as pessoas devem valorizar”, expressou DJ Nelasta.

    Importa referir que Dj Nelasta é o vencedor do Angola Djs Awards 2023. Afinal, por trás de cada batida há uma jornada criativa que merece ser valorizada.

     Por: Mariana Raimundo

    Share this
    Tags

    A Bombar

    BPC Alcança Lucro de 105,8 Mil Milhões Kz em 2023 Após 7 Anos de Prejuízos

    Após um período de sete anos enfrentando prejuízos, o Banco de Poupança e Crédito (BPC) conseguiu encerrar o ano de 2023 com um resultado...

    Tunjila Tuajokota lamenta falta de convites em eventos: “já não nos querem convidar”

    O grupo musical folclórico angolano, Tunjila Tuajokota, expressou, em entrevista ao Platinaline, nesta Quinta-feira (29) de Fevereiro, a sua preocupação com a falta de...

    Carlos Morais fala sobre a Possibilidade de Voltar a Jogar pela Seleção Nacional: “Se Eu Tivesse a Oportunidade, Eu Iria”

    Há quase um ano sem vestir a camisola da seleção nacional sénior masculina de basquetebol, o que tem gerado debates entre os analistas desportivos,...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto