Barroso Martins vence Prémio Nacional de Jornalismo na Categoria de Televisão

0
111
O também conhecido “Doutor Eficácia”, de 39 anos de idade, venceu em Luanda, o prémio de jornalismo, na categoria de Televisão, com a Reportagem sobre “O  Impacto da seca severa na Província do Cuando Cubango”, deixando para trás os seus oponentes Lucas Safeca e Nkula Zau, ambos da TPA.
A gala contou com as presenças do Ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, e do Secretário de Estado para a Comunicação, Nuno Caldas Albino, entre outras personalidades.
Integrando os quadros da Tv Zimbo desde 2014 saindo da Rádio Cazenga, Barroso Martins recebe, assim, um troféu em bronze, um certificado e uma quantia monetária no valor de dois milhões e quinhentos mil kwanzas, prémios destinados aos vencedores.
Ainda na categoria de Imprensa, Matias Adriano, director do Jornal dos Desportos, afecto à Edições  Novembro, recebeu uma menção honrosa, na mesma categoria  o jornalista João Gomes, da Angop.
Na categoria de Rádio, o primeiro lugar coube ao jornalista da Rádio Nacional de Angola, Soares Filipe, enquanto Guiomar Songo ficou na segunda posição, e o terceiro lugar foi atribuído ao jornalista Venâncio Isaías.
A jornalista Edna Cauxeiro, das Edições Novembro, venceu na categoria Imprensa, sendo que na categoria de Fotojornalismo venceu Maria Augusta.
De recordar que o Prémio Nacional de Jornalismo foi instituído pelo Estado angolano, em 2007. Nesta edição participaram 61 jornalistas de diferentes províncias do país, como revelou o presidente do júri.
Por: Ernesto Jaime
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments