- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    Edições Novembro realiza “Primeira Conferência Internacional sobre História de Angola” em Luanda

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Decorreu hoje, 25 de Novembro, no Hotel Epic Sana, em Luanda, a “Primeira Conferência Internacional sobre História de Angola”, sob o lema: “A Nação e o Nacionalismo dos séculos XIX e XX”, uma iniciativa do Jornal Cultura, título das Edições Novembro.

    O certame, que contou com o discurso de abertura do Ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Oliveira, teve como prelectores os historiadores Alberto Pinto, Carlos Serrano, Dinis Kebanguilako e Rosa Cruz e Silva, que abordaram sobre o “Imaginário Cultural do Nacionalismo e as Retóricas Coloniais”, “O Proto-nacionalismo nos Periódicos da Época”, “a Formação da Nação Angolana na Era do Nacionalismo Moderno e sobre o ensino da história do Nacionalismo angolano na Graduação”.

    A historiadora e professora angolana Rosa Cruz e Silva, convidada a abordar o “Proto-nacionalismo nos jornais dos séculos XIX e XX” na primeira Conferência Internacional de História de Angola garante em entrevista que intelectuais do Século XIX já concebiam ideias nacionalistas.

    “Portanto, o Século XIX é um período em que nós conseguimos perceber a ligação entre estes intelectuais e as chefias políticas africanas, sejam as dos Dembos, do espaço que foi o antigo Reino do Ndongo, etc. Estes intelectuais falam mesmo de contextos políticos muito para além dos Dembos e do Ndongo, falam mesmo do Bié, da soma Ekwikwi, que na época não estavam sob domínio português”, frisou.

    “No meu texto “O nacionalismo angolano, um projecto em construção no Século XIX?” eu chego à conclusão que são estes intelectuais do Século XIX que são os mentores das ideias da formação da nação. Portanto, eles reivindicam espaços, territórios, não só os que estavam sob domínio colonial, mas pela história eles fazem apelo a figuras de territórios que não estavam ainda sob domínio colonial”, disse.

    De frisar que o evento contou com a presença de estudantes, jornalistas, professores e outras individualidades. 

    Por: Livano Domingos.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto