- Publicidade -

More

    Em alta, Bicho e Bruxo revelam que cobram meio milhão de kwanzas por actuação

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Durante a passagem pelo programa Drive Kuduro da Platina FM (96.8), nesta quinta-feira, 24 de Fevereiro, Bicho e Bruxo revelam que cobram meio milhão de kwanzas por actuação.
    A dupla implacável fez saber que após o lançamento da música “Palanganza”, foi um caminho para o sucesso dos dois, daí Bicho e Bruxo decidiram não ficar de fora do mercado musical angolano e foram feitos outros hits que metem o povo angolano a vibrar nas noites.
    “Hoje podemos dizer que nós vivemos da música. Para uma actuação de Bicho e Bruxo é cobrada meio milhão de kwanzas”, disse a dupla.
    Para este ano, o Bicho e Bruxo pensam em disponibilizar um EP, depois do lançamento da nova música que está a caminho com uma colaboração especial.
    “A gente faz actuações com um pouquinho de humor, nós nos divertimos bastante com isso, é muito prazeroso fazer vibrar ou ver as pessoas e ver elas dançarem as nossas músicas”, finalizou.
    Vale frisar que a dupla Bicho e Bruxo surgiu depois da saída do Melodia (Bruxo) do grupo dos Detroia, e fez a primeira música tarraxinha intitulada “Dia de se Ferir”, como dupla.
    Por: Jéssica Quiala
    Share this
    Tags

    A Bombar

    Protteja Seguros aposta em parcerias sustentáveis

    PROTTEJA SEGUROS comunica a todos os seus clientes e parceiros a expansão do seu nível de coberturas em Angola e além-fronteiras (Portugal, África do...

    Africell lança campanha de diversificação de agentes com foco na criação de novos negócios:

    | A Africell está a abrir as suas portas para que empresas e particulares se tornem Agentes de Recargas Electrónicas (EVC) da Africell numa...

    ZAP proporciona momento mágico a mais de 170 crianças de lares Vidas ZAP com o grande “Show do Panda E Os Caricas”.

    Luanda, 11 de Junho de 2024 – No dia 7 de Junho, a ZAP reuniu mais de 150 crianças, na acção Vidas ZAP "Show...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto