- Publicidade -

More

    Empresária Nara Bruneth obrigada a deixar de comercializar produtos da marca de cosméticos Wafina 

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Arieth Silva

    Através de uma nota que a redacção do Platina Line teve acesso, a Empresária e Influenciadora Digital, Nara Bruneth, comunica aos seus clientes que, por motivos alheios à sua vontade, vai deixar de usar o nome da marca Wafina para venda dos seus cosméticos. 

    Bruneth explica que perante esta situação decidiu adoptar o nome temporário “Wafin”, que será utilizado para comercialização dos produtos em stock.

    “A presente medida tem carácter permanente e já se encontra em vigor desde o dia 15 de Junho de 2023. Para este efeito, qualquer comercialização de Produtos de Marca Wafina, em data posterior a deste Comunicado, não deverá ser associada a mim, nem confundida como sendo parte dos meus produtos”, informou.

    A empresária acrescentou que, em meio constrangimentos, os produtos passarão a ser comercializados com uma nova roupagem, mas a qualidade, a sua fórmula e efectividade serão as mesmas.

    “Pedimos desculpas aos nossos clientes que não puderam obter os nossos produtos nos últimos dias e agradecemos a preferência e confiança. Lamentamos o impacto e reforçamos que estamos empenhados em resolver esta situação com maior brevidade possível”, finalizou.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Africell lança campanha de diversificação de agentes com foco na criação de novos negócios:

    | A Africell está a abrir as suas portas para que empresas e particulares se tornem Agentes de Recargas Electrónicas (EVC) da Africell numa...

    ZAP proporciona momento mágico a mais de 170 crianças de lares Vidas ZAP com o grande “Show do Panda E Os Caricas”.

    Luanda, 11 de Junho de 2024 – No dia 7 de Junho, a ZAP reuniu mais de 150 crianças, na acção Vidas ZAP "Show...

    Guitarrista Texas cobra 50 mil kwanzas para colaborações musicais

    Por: Helder Lourenço O guitarrista angolano Texas revelou, em entrevista ao programa "Dia Alegre" da Platina FM (96.8), que cobra apenas 50 mil kwanzas por...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto