Empresário de Anderson Mário diz que o artista poderá pagar 28 milhões de Kwanzas pelo rompimento do contrato

0
328
Por: Arieth Silva
“Há um contrato em vigor e deve ser cumprido, caso contrário deverá pagar uma multa no valor de 50 mil dólares”
Após Anderson Mário comunicar a desvinculação com a “EA Music”, a redacção do PLATINALINE entrou em contacto com o empresário do artista para obter o direito de resposta, no entanto, Edmar Avelino, responsável pela produtora, começou por dizer que foi apanhado de surpresa e o caso já está encaminhado na justiça.
Segundo Edmar Avelino, chegaram há poucos dias de Lisboa, numa viagem de férias do artista e assegurou que a viagem foi bem sucedida. Em contrapartida, ficou surpreso ao ver o comunicado do artista a dizer que cancelou a venda e rompeu o contrato com a produtora, facto que, segundo o empresário, Anderson poderá pagar uma multa de 50 mil dólares, equivalente cerca de 28 milhões de Kwanzas.
“Neste caso, o que tenho afirmar é que continua a ser artista da EA Entretenimento legalmente, porque tem um contrato de quatro anos com a editora. Nós cumprimos com todo o regulamento contratual desde gestão de carreira e imagem, tiramos o artista do anonimato,  metemos-lhe no top, continua a ser artista da EA até os próximos pronunciamentos por parte da produtora”, retorquiu.
Vale lembrar que tudo começou, quando Anderson Mário tornou público a nota em que informava a desvinculação com a “EA Music” e o cancelamento da sua obra discográfica “Príncipe da Olga”.
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments