A segunda edição do projecto musical “Encontro de Gerações”, que incluiu músicos da velha e nova vaga, estará disponível em Maio ao público amante da musica angolana, após apresentação, nesta quinta-feira, em Luanda.

O lançamento do projecto contou com as presenças da Primeira-Dama, Ana Dias Lourenço, e do ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato.

O projecto, que conta com 40 artistas, 22 vídeos clipes, 63 produtores musicais, 22 editores de vídeos e outros profissionais de apoio, traz a público duetos interpretados, entre outros, por Landrick/Justino Handanga, Titica/Carina Santos, com destaque para Yola Semedo/Elias Dya Kimuezo

Para responsável da produtora Arca Velha, Matias Damásio, o projecto incentivou a cooperação, troca de experiência e valorização dos criadores do cancioneiro angolano.
Matias Damásio disse que o segundo volume do “Encontro de Gerações” conta apenas com músicas inéditas ao contrário do primeiro que eram versões.

Em relação aos critérios de escolha dos artistas e duetos, coube a produtora Arca Velha e a Unitel, cujos trabalhos tiveram início em 2020.
O músico e compositor Elias Dya Kimuezo considera o dueto com Yola Semedo como um desafio benéfico.
O considerado rei da música angolana avança não ter preferência de cantar com quem seja, afirmando que “o que é moda não incomoda”.
Por sua vez, Yola Semedo considerou a oportunidade uma honra, referindo que pretende contribuir da melhor forma possível para o engrandecimento da cultura angolana.
Na sua primeira edição, o projecto desafiou músicos da antiga geração com referência para Bonga, Filipe Mukenga, Dina Santos, Jacinto Tchipa, Carlos Burity e Dom Caetano, enquanto pela nova geração participaram C4 Pedro, Big Nelo, Matias Damásio, Zona 5, Totó, As Gingas, Anselmo Ralph.