- Publicidade -

More

    Entrevista aos Dj Angolanos Paulo e Ricardo Alves

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    *Djs Paulo e Ricardo Alves em Maputo.

    Angola e Moçambique estão na moda quando se trata de música, pista de dança e Dj’s. Uma miscelânea perfeita para quem sai á noite á procura de diversão. E, diversão em dose dupla foi proporcionada aos moçambicanos recentemente, pelos irmãos Paulo e Ricardo Alves considerados actualmente a melhor dupla de Djs em Angola. Através da Gloom Eventos Paulo e Ricardo transformaram a noite do Coconuts Live a discoteca mais concorrida de Maputo num momento único e ‘’sui generis’’ com as suas misturas com sabores africanos. O ‘’prato forte’’ da dupla é o estilo Afro-House Music pois pretendem valorizar o que se faz em África, mais concretamente em Angola, acreditando que esta é a melhor forma de inserir o trabalho da comunidade angolana pelo Mundo afora.

    *Conheça um pouco mais os irmãos Djs. 

    A grande paixão pelas misturas ganhou asas no ano de 1995 entretanto apenas se firmaram publicamente como Djs há cerca de 17 anos. Questionamo-los sobre como é misturar lado a lado?

    Paulo Alves: Trabalhar como dupla é bom principalmente por sermos irmãos. Existe uma grande cumplicidade, duas cabeças a pensar, no entanto duas formas diferentes de perceber o que o público quer.

    Ricardo Alves é mais velho cerca de 1 ano e meio e realça que nunca houve desavenças no trabalho pois há muita cumplicidade e a procura pela perfeição faz com que estejam em constante sintonia. A dupla de Djs já fez um ‘’zapping’’ das suas misturas pelas discotecas de alguns Países como Portugal (onde irão em breve regressar para uma tourné), Cabo-Verde, Namíbia, Congo, África do Sul e na agenda constam nomes de outros Países por passar ainda no presente ano como Brasil-Rio de Janeiro, Londres entre outros.

     

    Outros:

    1. Ser um bom Dj  para a dupla é: trabalhar acima de tudo, estar atendo as tendências mundiais, ter uma leitura de pista , olhar para as pessoas e perceber para que público estão a trabalhar, ter boa técnica através da prática…
    2. Mensagem:  Que as pessoas continuem a curtir o House e tenham em conta que os africanos estão a trabalhar muito a nível deste ritmo pois com a globalização é preciso que se valorize a identidade e trbalho locais.
    3. Facebook: Encontre-os pelos nomes: Dj Paulo Alves e/ou  Dj Ricardo Alves. A dupla já foi considerada por uma revista angolana como as figuras mais adicionadas/seguidas de Angola através desta ferramenta social/Facebook.
    4. Desejam que: Continuem a acreditar neles, e em Angola. Para os Djs ‘’de fresco’’ que continuem a trabalhar e acreditem que um dia o lugar ao sol será conquistado. Humildade, talento, trabalho e dedicação é importante para que Angola continue sendo referência dentro das comunidades locais e além-fronteiras.

     

    Ricardo, João  e Paulo 

     

    Ricardo, e paulo com Asselix 

     

     

    Entrevista e Redacção: Kátia Agy em  – Moçambique- Maputo  

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Henrique Sungo e Filipe Anjos apresentam o seu novo projeto documental intitulado “Aspiracionalismo”.

    Depois de estrear na cidade de Londres, agora é a vez da cidade da Kianda receber a Santano Produções, uma produtora audiovisual do angolano...

    Fábio Hustle admite que namoraria com Malune e revela em Live que teve 14 ex-namoradas

    Por: Helder Lourenço Na noite desta quinta-feira (18), durante uma animada Live no TikTok com a participação de 3-Fine, Elisandra Elly e outros influenciadores, o...

    Conheça Legoo, única plataforma nacional de venda de ingressos que transfere dinheiro dos promotores em 24 horas

    Criar um evento e ver o seu rendimento nunca foi tão fácil, e por esta razão, a “Legoo”, plataforma angolana lançada hoje (18) no...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto