Benvindo Magalhães, ou simplesmente Bv como ele assim gosta de ser chamado, é apresentador do tchilar já há varios anos onde comanda e  apresenta  sozinho a atração. Ele conta que tudo que ele conseguiu foi mérito próprio e pela sua determinação em correr atrás dos sonhos.   Ele foi claro objetivos  e suas repostas e respondeu a todas questões feitas   por Sarchel Necesio . Que você acompanha com exclusividade .

 

Fui registrado como… Vladimir Candeia Magalhães

Nascimento: 18 de Março de 1984

Na TV assisto: Jay leno, Jó soares, Luciano Huck, Simpson Family, Tchilar, Flash, Filmes e Documentários, serviços de informação.

Não assisto na TV: Novelas e Series

Nas horas livres: Networking ( redes sociais)  e  leio muitos livros biográficos

No cinema: filmes de ação e comedia Afro Americana

M

úsica: R&B e Soul Music, Boys II man forever. 
Livro: a bíblia

Prato predileto: Arroz Branco , feijão preto, rodizio, batatas e fritas e saladas

Pior presente: … Nenhum, até agora todos recebidos amei…
O melhor do guarda-roupa: sapatos e  fato completo da Dolce e Gabana
Perfume: Dkny (Red Delicious  )

Mulher bonita: Stela de Carvalho 
Cantor: Leo e Walter Ananás

Cantora: Yola Araujo e Edmazia

Ator: Denzel washington

 

Atriz: Caterine  zeta johnes  Douglas

Animal de estimação: cão

Escritor: Antônio Jacinto 
Arma de sedução: segredos

Melhor viagem: Alemanha (Berlim)

Sinônimo de elegância: David  Beckham

Melhor notícia: Morte de Savimbi

Inveja: Dos americanos, são melhor em quase tudo.

Ira: Pobreza

Gula: Chocolate branco

Cobiça: Inteligência absoluta

Luxúria: Mercedes Benz em ouro Branco Modelo sls mclarem 526 cv

Preguiça: ir aos bancos
Vaidade: tratar do cabelo

Mania: não sair sem me olhar ao espelho

Filosofia de vida: se caíres não tardes em te levantar, o tempo urge!!!

Mel Gamboa : colega e amiga

PROFISSIONAL

 

Qual é historia do Benvindo Magalhães  no  jornalismo Angolano ?

BV: Meu primeiro contacto com jornalismo foi em 1995 no estúdio central da radio nacional de angola, aonde assisti a emissão em direto do programa manha informativa da RNA com Mario Vaz, Januario Tancredo, Laurinda Tavares, Pedro Manuel, Felipe Joaquim, Horacio Pedro, Abel Abrão, Jorge Cassoma e Eduardo Magalhães ( a equipa que ganhou premio Maboque de jornalismo do mesmo ano). Desde cedo senti prazer em fazer radio e com ajuda do meu mano fui crescendo nessa área, com cursos no núcleo de amigos da RNA, técnicas redatoriais e locução com malogrado professor mesquita lemos na antiga radio escola hoje Cefojor, ano 2000 ingresso no IMEL para fazer jornalismo, mas por falta de vaga inscrevo-me e faço por quatro anos contabilidade e gestão com bom desempenho. EM 2004 peço ao meu irmão oportunidade de entrar na radio, submete-me a um teste em que chumbei e tive de freqüentar cursos como laboratório de expressão oral na Mayanga produções pela link, dois anos depois m 2007 entro para  radio no turno da madrugada, até surgir o teste do canal 2 no ano a seguir,  à convite do diretor  Renato, fiz o casting no programa tchilar do dia 11 de novembro de 2008 com o tema mulheres no comando… 3 meses depois ligam pra mim e começo um estagio de 5 meses no programa flash aonde fui bem sucedido e encaminhado para fazer dupla com a mel no tchilar apoios a retirada de Jeff Brown… hoje sou locutor de radio com profundas noções de jornalismo e apresentador de tv.

 

Platina Line : Sempre foi esse o seu sonho visto  que quando fazias o IMEL optaste por seguir algo ligado a economia?

 

BV: Ano 2000,  ingresso no IMEL para fazer jornalismo, mas por falta de vaga inscrevo-me e faço por quatro anos contabilidade e gestão com bom desempenho.


E como surgiu o convite para ingressar na Tpa


O Convite Surgiu no ano de 2008, Na pessoa do então diretor e coordenador de programas Renato Freitas , fiz o casting no programa tchilar do dia 11 de novembro de 2008 com o tema mulheres no comando…

Em angola existe o mito de cursos rentáveis e não rentáveis Seus pais sempre apoiaram e confiaram quando o Benvindo  optou pelo jornalismo?

BV: Infelizmente cresci sem meus pais, porque, faleceram era eu ainda muito novo, mas meu irmão mais velho assumiu a liderança de casa e  deu-me toda educação que tenho, incentivando-nos a estudar fosse lá qual fosse o curso, para ele o importante mesmo era o canudo…

O país esta dando os primeiros passos para liberdade de impressa e pluralidade de medias que prestam serviços de comunicação já existe liberdade de impressa e angola e esta satisfeita pelos diversos medias que existem aqui em angola ?

 


BV: Prefiro não opinar muito sobre isto, mas estamos a caminhar bem, um exemplo próximo é a platina line


Platina Line : Você faz parte do leque de vários jornalistas a apresentadores que  recebem criticas por estarem num lugar onde não deviam estar  e que  de jornalista não tenhem nada  segundo as criticas   e que vocês são maus apresentadores ou jornalistas e que deviam dar espaço a outros que realmente são formados na área. Como você reage ou que pensa sobre assunto. A carapuça tem servido quando houve tais criticas?

 


BV: A isto respondo da seguinte forma, só se atira pedras as arvores cujos frutos são maduros e melhores, toda critica que edifica pra mim é muito bem vinda.

 

 

E achas que estas no Tchilar por mérito Próprio?

 

BV: Sim, e sinto muito carinho quer vindo da minha direção geral, como do publico… e se assim não fosse ai já não estaria E nem a platina me entrevistaria, (rsrsrsrs)

 

Em Angola é assim tão fácil trabalhar como jornalista basta ser famoso para conseguir um lugar?

Não sei, não conheço nenhum famoso que se tornou jornalista, mas conheço sim, jornalistas que se tornaram famosos MARIO VAZ, ERNESTO BARTOLOMEU…

 

Não me pronunciei, porque um professor meu de filosofia, ensinou-me que, não se deve negar o que Não existe !

 Platina Line : E como é experiência de apresentar o tchilar?

 


Fabulosa, divertida, cuia bué e é muito satisfatória.

 

 

Já alguma vez foi censurado?

Sim, porque era muito introvertido no principio, fruto do excesso de carga de seriedade do jornalismo radiofônico, muito diferente do jornalismo televisivo para o entretenimento…

 

 

 

 

Pessoal

 

Tem namorada?

Sim

Assusta-a a ideia de envelhecer?

Não

Se pudesse o que mudava em si, no seu corpo ou feitio?

Nada 

O que não suporta no sexo oposto?

falsidade

Qual é o seu crime diário?

Networking business

O que seria capaz de fazer por amor?

Dar a minha vida

Como reage a cantadas e assédios?

Com simpatia, é bom ter pessoas que nos amam do nada, mas com limites, afinal só podemos ser amigo destas pessoas.

Sabe cozinhar?

Sei o básico

Gosta de sair para dançar? Que casas noturnas costuma frequentar? Ou isto não é possível por causa dos assédios?

Frequento a vontade e nem sempre sou assediado… Dom Q e o Edem, Miami Beach.

A cultura angolana está presente no seu dia a dia, de alguma maneira?

Sim, na língua kimbundo dos meus avôs que, ensinaram-me a entender kimbundo… Os panos que eles me ofereceram, as minhas estatuetas símbolos da cultura mangolê… Alias o meu sotaque é puramente mangolê… E em todas as províncias que vou, regresso sempre com uma lembrancinha.

O que a família representa para si? Como é sua relação com ela hoje?

A família é O centro de tudo e o equilíbrio fundamental para o desenvolvimento humano, a minha relação com a minha família é saudável e de muita fraternidade, nós nos amamos 10 vezes mais porque perdemos os pais muito cedo

 

O que normalmente toma no café da manhã?

Leite com nesquik,  sumos e umas torradinhas ou tostas

Qual é a oportunidade que ainda não teve e gostaria de ter?

Fazer um curso onde aprendesse a fazer entretenimento como fazem os americanos, sobre tudo os norte americanos…

 

Como é atualmente a sua vida?

Muito boa, do jeito que eu pedi a Deus.

 

A sociedade é o Meu mundo

 

 

Qual a sua opinião em relação à legalização do casamento gay?

Sou cristão, Se a minha doutrina condena também eu o faço. Mas epah democracia né.

Que atitude considera que cada angolano pode tomar para lutar contra a situação de fome que existe em Angola?

Trabalhar no que puder, existem varias formas de fazer dinheiro em Angola, sem roubar, nem matar… Pensem só um bocadinho e chegam La.

a credibilidade de como os famosos, modelos, músicos, ex-miss, e etc. conseguem entrar para Tv Radio ou qualquer veiculo de comunicação  sem ter noções ou know how de jornalismo. Comente sobre isso.

É tudo muito relativo : Se realmente acontece desta forma, um dia a coisa vai estourar… mas dizem que coisas gigantes e extraordinárias vêem dos sítios e de formas mais improváveis, alias o mundo já provou isso para nós… Quem diria que um actor que passou a vida toda de cuecas exibindo músculos na TV e cinema e ainda por cima estrangeiro seria governador do maior estado norte americano Florida Califórnia (Arnold Swasznegger) )

 

 

O que achou do nosso trabalho ?

Apelativa e interessante

sabe manejar corretamente, ou nos edifica ou nos destrói… Cuidado com as vossas fontes.

Que mensagem deixa ao público angolano”?

Muita paz, muito amor, pouco ódio e inveja entre nós angolanos… o país esta a mudar, não espere que as coisas aconteçam, façam-nas acontecer, tudo de bom para vocês, um abraço fraternal. BV