- Publicidade -

More

    Entrevista Exclusiva: Carlos Morais, basquetebolista “Queria ser DJ ou cantor ”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Com uma carreira brilhante de quase 15 anos recheada de títulos e distinções,  Carlos Morais, é  dos jogares mais valioso do nosso campeonato de basquetebol BAIbasquete. Versatil, ágil, talentoso, criativo,  entre outros atributos que lhe conferem como um grande jogador, almeja jogar  nos LA LAKERS, um dos grandes clubes da NBA, ao lado do mágico  Kobe Bryant, uma das suas referencias no mundo desta apaixonante modalidade .

    Para além do desporto, Carlos Morais, revelou à Platina Line  outra das suas paixões, carros e motos, apesar  de adorar também  fazer   misturas musicais (DJ).

    Platina Line-Que palavra lhe caracteriza como homem?

    Carlos Morais-Persistência.

    Qual é o seu lema de vida?

    A  vida vai melhorar, ainda que esteja tudo bem,  as coisas hão de melhorar sempre…(risos).

    O que faz quando não está a competir  ou  treinar?

    Ouvir música, fazer misturas ( dj ), passear, ver filmes, enfim…

    Se não fosse basquetebolista o que seria?

    Talvez  DJ, ou cantor, quem sabe… (risos).

    Que marcas de roupas usa?

    Sou apaixonado pela Gucci, Burberry e Louis  Vuiton.

    De que é apaixonado?

    Carros e motas.

    Se o mundo acabasse hoje o que faria?

    Não  sei (risos).

    Qual foi o momento mais triste da vida que já viveu?

    Graças a Deus nunca tive um momento assim de grande tristeza, do qual possa dizer.

    Que lugares frequenta quando quer  relaxar?

    Normalmente fico no meu quarto,  quando quero relaxar.

    É uma pessoa do tipo reservado?

    Já  fui muito  reservado, mas agora  dado a minha posição social,  sou uma pessoa mais acessível a novas amizades.

    Onde prefer ir, à uma discoteca ou festa?

    Gosto mais de festas de quintal, porque dá sempre mais jeito para dar  umas passadas (risos).

    Carlosmorais

    Sabe cozinhar?

    Não.

    Namorada ou mulher?

    Namorada.

    Quem é ela?

    É a minha namorada (risos).

    Já foi assediado?

    Várias vezes.

    Quem lhe faz as tranças?

    Já  cortei o cabelo há um ano.

    A fama lhe incomoda?

    Às vezes  a fama tem coisas boas, mas também traz muita coisa má.

    O que é que não pode se esquecer, quando saí de casa?

    O  telefone e as chaves de casa.

    Como  e  quando  inicia no basquetebol?

    Em 1997,  por influência de um amigo e do meu pai, porque, também  foi jogador de basquetebol.

    Em que clube  estreou?

    No Petro  Atlético de Luanda.

    O que fazia antes de ser basquetebolista?

    Apenas estudava.

    Passou por  dificuldades para ser o que é hoje?

    Enfrentei enumeras dificuldades. Foi um percurso muito difícil, onde por muitas vezes não desisti por ter um defeito que  acho ser a minha maior  qualidade, persistência.

    Quem são as suas referencias no mundo do basquetebol?

    Kobe  Bryant, Derrek  Rose, Russel  Westbrook, Kevin Durant…

    Em que clube a nível internacional  almeja jogar?

    LA  LAKERS.

    Aproxima-se a nova  época basquetebolista do campeonato nacional BAIbasquete. Vai continuar a jogar  no Petro Atlético?

    Tenho essa época e a próxima no Petro Atlético, depois disso logo se vê!

    foto_2

    Foi o melhor cestinha no último campeonato africano de basquetebol. Chegou a receber convites de outros clubes?

    Sim, recebi algumas propostas, mas dado as condições que me ofereciam, preferi mesmo ficar no Petro Atlético de Luanda.

    Qual é o seu maior sonho?

    Realizar me como homem a todos os níveis.

    Qual foi o momento mais marcante da sua carreira?

    Foi sem dúvida  no jogo contra os camarões,  no africano do Madagáscar, quando  tive a decisão da permanecia ou não da selecção de Angola na competição, em que felizmente,  marquei os dois lances livres e Angola passou para as meias finais.

    Com que prémios já foi distinguido?

    Fui duas vezes melhor jogador ( MVP ) da taça internacional Stankovic, uma vez melhor marcador de três  pontos de África, uma vez melhor jogador do campeonato em Angola e  uma vez melhor extremo do campeonato africano.

    Sente-se realizado?

    Ainda não me sinto realizado. Sou uma pessoa muito ambiciosa, embora tenha casa própria.

    Tem carro próprio?

    Tenho.

    Sofreu  há anos  uma  fractura num dos membros inferiores?

    Sim,  já tive uma contusão no tornozelo esquerdo, quando brincava na praia  e andava numa prancha de skimboard.

     

    O que se oferece dizer  quanto ao nível competitivo do BAIbasquete?

    Acho que o nosso campeonato tem um bom nível,  comparando com os de outros campeonatos de  África. Mas também,   pode  ainda ser melhorado, através de  um bom trabalho de marteking e divulgação da modalidade no país, o que   faria com que nós,  os jogadores,  tivéssemos maior motivação para continuarmos a evoluir,  e fazer surgir  mais jovens  praticantes da modalidade.

    Raio X

    Nome completo: Carlos  Edilson Alcântara Morais.

    Província em que nasceu: Luanda.

    Idade: 26 anos.

    Calçado: 48.

    Cor dos olhos: Castanhos  escuros.

    Signo: Balança.

    Peso: 100 kg

    Altura: 1.91cm

    Religião: Católico.

    Perfume: Lolita  lempika e Decibel.

    Cor preferida: Não tenho uma cor preferida, gosto de cores vivas e quentes.   

    País de sonhos: Jamaica e  México.

    Animal de estimação: Cão ( dino, de raça  Rottweiler ).

    Gênero de filme: Acção.

    Gênero de música: Oiço de tudo um bocado. Gosto de boa música.

    Título do livro que lê: “Nunca deixe de tentar”,  de Michael Jordan.

    Actor/actriz preferido: Denzel  washington.

    Cantor/cantora preferido: Rick  Ross, Drake.

    Frase: Don´t hate the player, hate the game ( não odeia o jogador, odeia o jogo ).

    Primeira palavra pronunciada: Mekié .

    Prato preferido: Mufete.

    Bebida preferida: Sumo.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Total Energies Marketing Angola e BOB ECO inauguram primeiro Ponto de Carregamento de Bateria para Motas Eléctricas

    A TotalEnergies Marketing Angola e a BOB ECO inauguraram hoje, no posto de abastecimento TotalEnergies do Miramar, o primeiro ponto de carregamento de bateria...

    TPA e Dimond Films assinam acordo de estratégia para produção de conteúdos de ficção

    A Televisão Pública de Angola e a produtora Diamond Films assinaram na última quinta-feira, um protocolo estratégico para produção de conteúdos de ficção, que...

    Pedro Yaba leva “simbiose” em obras de arte e fotografias ao MIREMPET

    Por: Ernesto Jaime A forma incansável dos trabalhadores mineiros transformarem a pedra bruta em belas esculturas de mármores, o diamante bruto em refinadas jóias, petróleo...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto