- Publicidade -

More

    Erica Nelumba fala sobre a sua ausência na música

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    A cantora angolana Erica Judite Pimentel Nelumba uma das grandes referências da música angolana e autora dos sucessos como “Filha de Deus”, “Luz que brilha em mim”, “Diz Porquê” com Johnny Ramos ausente a quase seis (6) anos dos palcos, falou a Platina Line que deu uma pausa para poder realizar outros projectos mas retomará a carreira, que está em fase de construção, assim que terminar a sua formação em Dermatologia.

    Voltar aos palcos é uma das suas prioridades, apesar de ainda não ter data prevista para tal, adiantou que está a preparar algo diferente mas com a mesma base que a caracteriza.

    Platinaline: Por onde anda à Erica Nelumba?

    Erica Nelumba: Mudei-me para São Paulo, Brasil, há 3 anos.

    Platinaline: A que se deve a sua ausência nos palcos?

    Erica Nelumba: Como é de conhecimento público, formei-me em Medicina. Decidi dar uma pausa na minha carreira musical, para especializar-me em Dermatologia. Estou a fazê-lo no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo.

    Platinaline: A música ficou para segundo plano depois de terminar a formação em medicina?

    Erica Nelumba: Não. Trata-se de uma pausa para poder realizar outros projectos. Tão logo termine, e já falta pouco, retomarei a minha carreira.

    Platinaline: Como é a sua rotina agora?

    Erica Nelumba: É bem simples, embora cansativa. Realizo o meu trabalho no hospital e estudo. Além disso, escrevo músicas, tenho aulas de piano, saio e viajo com amigos.

    Platinaline: O que normalmente faz nos seus tempos livres?

    Erica Nelumba: Descanso, oiço música, escrevo, leio, passeio enfim…

    Platinaline: E como está a sua carreira musical?

    Erica Nelumba: Está em análise (risos). Em fase de construção daquela que desejo que seja a minha carreira no futuro.

    Platinaline: Quais são as suas aspirações?

    Erica Nelumba: Ser o melhor que puder em todas as coisas que escolhi fazer. Explorar ao máximo as minhas possibilidades e capacidades. Inspirar e ser inspirada!

    Platinaline: É fácil conciliar as suas duas paixões?

    Erica Nelumba: Não! É por isso mesmo é mais interessante e apaixonante fazer o que faço. Coisas fáceis demais não me motivam.

    Platinaline: Quais são as suas prioridades na vida?

    Erica Nelumba: Terminar a minha especialidade, ser uma óptima dermatologista e voltar aos palcos. Ser feliz!

    Platinaline: Qual é a análise que faz do panorama musical actual?

    Erica Nelumba: Acho que estamos no bom caminho. Do pouco que tenho conhecimento, vejo que tem havido uma grande preocupação com a qualidade das produções musicais, letras e vídeos. Acima de tudo, há preocupação com o profissionalismo, o que é muito bom!

    Platinaline: Quando voltará para o mundo musical e o que trará de novo?

    Erica Nelumba: Não tenho essa previsão e nem pressa para voltar. Embora esteja ansiosa por esse momento, pois a música é uma grande paixão, a minha maior preocupação é a qualidade do meu trabalho e voltarei quando me sentir segura quanto á isso. Procuro ouvir música de vários estilos e épocas, ganhei gosto por acrescentar elementos novos á minha música! O que posso dizer agora, é que vou manter a base que me caracteriza, mas com muita coisa diferente.

    Platinaline: Quais sãos os músicos nacionais que mais admira?

    Erica Nelumba: Vários. Não caberiam nesta página. Aproveito pra parabenizar os meus colegas pelo excelente trabalho e desejar sucessos!

    ericanelumba.jpg

    Platinaline: Como caracteriza a sua pessoa?

    Erica Nelumba: Sou persistente, prática e objectiva. Quando tenho um objectivo, faço o que for preciso para alcançá-lo. Acima de tudo, procuro ver o lado positivo de tudo. Comemoro as vitórias e aprendo com as derrotas.

    Platinaline: O que é a música para si?

    Erica Nelumba: É amor, paixão. É parte da minha vida. Agradeço á Deus por ter nascido com esse dom de expressar os meus sentimentos e a minha visão do mundo através da música.

    Platinaline: Quais são as metas que deseja alcançar a médio e longo prazo nas suas profissões e a nível pessoal?

    Erica Nelumba: Uma das minhas maiores metas, que é terminar a especialidade, está prestes a ser alcançada e melhor do que eu esperava, pois a minha monografia ficou entre as melhores classificadas, em terceiro lugar! Depois disso, pretendo regressar e reorganizar a minha vida em Angola, além de voltar aos palcos. Quanto á vida pessoal, prefiro não fazer muitos planos e deixar acontecer.

    Platinaline: A sua relação amorosa não sai prejudicada no meio de tanta ocupação?

    Eria Nelumba: Relação amorosa? Hum… (Risos)

    Platinaline: Como tem sido o contacto com os fãs depois da sua ausência no mundo da música?

    Erica Nelumba: Tem sido muito bom. Vejo que apesar do tempo de ausência, quase 6 anos, as minhas músicas são lembradas com carinho! Sirvo como referência e inspiração para muitas pessoas e isso para mim não tem preço!

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Banco Bic abre inscrições para o crescer juntos e homenageia empresas co-investidoras

    O Banco BIC abriu nesta segunda-feira, 17 de Junho, as inscrições deste ano para ONGs, Fundações e Associações que necessitam de recursos financeiros e...

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola É com imenso prazer que anunciamos a nossa...

    Jornalista Dalila Prata destaca-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt (Alemanha)

    Por: Luizão Cabulo A jornalista angolana Dalila Prata destacou-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt, Alemanha, representando Angola e a "TPA online"...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto