- Publicidade -

More

    Estilista Lucineide Fonseca entra para o mercado da moda com o ateliê “LF”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios


    Por: Stella Cortêz

    Determinada em apresentar os seus talentos no sector empresarial angolano, Lucineide Fonseca, jovem empreendedora angolana que em meio de tantas limitações impostas pela pandemia da covid-19, arregaçou as mangas e decidiu trabalhar na inauguração do seu ateliê “LF”, num evento que aconteceu no sábado, no Gamek Direita, em Luanda.

    Segundo Lucineide Fonseca, proprietária da marca acima mencionada, conta que tudo começou no Brasil, em 2013, porém devido à falta de recursos teve de fazer uma pausa de quatro anos nas suas criações, que apenas terminou em Julho de 2020.

    “Recomeçamos de uma forma diferente, conseguimos contratar oito pessoas na empresa, trabalhamos em uma obra em construção onde decidimos recomeçar. Finalmente, terminamos o nosso ateliê, obra esta que começou em Fevereiro e terminou em Abril financiado pelo dinheiro que se trabalhou durante o período de Junho a Dezembro de 2020”, explica a empreendedora.

    Fonseca explica que costurar sempre fez parte da sua vida: “Desde muito nova, tanto que foi com onze anos que entrei no curso de costura, mas durante este período todo nunca tivemos um local fixo para trabalhar, sempre foi em lugares muito apertados e sem condições. No Brasil, comecei no meu quarto onde eu costurava, nem mesa tinha para cortar o tecido, cortava no chão, quando decidi recomeçar aqui em Angola, recomecei na casa dos meus pais onde vivo. A casa está em obras e foi num espaço que será sala onde decidi recomeçar”, conta.

    Actualmente a empregar sete pessoas, a proprietária da LF diz que durante a pandemia conseguiu alavancar o seu negócio a ponto de hoje inaugurar o seu espaço: “Sempre tive o desejo de ter um lugar fixo para trabalhar, visto que a vida não é fácil e existem algumas dificuldades para fazer um crédito. Então, peguei no valor que vendemos durante o ano passado, de Agosto a Dezembro, decidi construir um espaço de raiz aqui mesmo no quintal dos meus pais. sempre quis ter um espaço para criar a produção e graças a Deus e a equipa toda conseguimos”, frisou.

    Feliz pela realização de um sonho, Lucineide, sublinha que tudo aconteceu graças à mão de Deus em sua vida, um momento que jamais deixará de agradecer as pessoas que a apoiaram e igualmente aproveitou para incentivar outras mulheres:

    “Mulheres não desistam dos vossos sonhos, Deus fez-me esta promessa em 2017, através da boca do profeta Tony Calado e hoje a promessa foi cumprida, sou grata a Deus por isso”.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Henrique Sungo e Filipe Anjos apresentam o seu novo projeto documental intitulado “Aspiracionalismo”.

    Depois de estrear na cidade de Londres, agora é a vez da cidade da Kianda receber a Santano Produções, uma produtora audiovisual do angolano...

    Fábio Hustle admite que namoraria com Malune e revela em Live que teve 14 ex-namoradas

    Por: Helder Lourenço Na noite desta quinta-feira (18), durante uma animada Live no TikTok com a participação de 3-Fine, Elisandra Elly e outros influenciadores, o...

    Conheça Legoo, única plataforma nacional de venda de ingressos que transfere dinheiro dos promotores em 24 horas

    Criar um evento e ver o seu rendimento nunca foi tão fácil, e por esta razão, a “Legoo”, plataforma angolana lançada hoje (18) no...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto