Estou vivo!

0
398

 

A vida é tão passageira como o vapor, como as águas de um rio, como as nuvens do céu. Somos todos peregrinos, hoje estamos aqui, mas amanhã é um tiro no escuro. Viver é colocar-se a disposição de riscos e incertezas . As vezes temos que viver como se fossemos feitos de ferro, apesar de sermos totalmente de carne. Viver até ao extremo.


Qual é o seu extremo? 
Observando um grupo de pessoas intrigou-me o facto de que, em um determinado tempo essa geração vai passar, ser esquecida como se isso tudo nunca tivesse acontecido, alguns serão apenas lembranças vagas, outros nem tanto.


O futuro é agora, não temos tempo a perder porque o amanhã pode não chegar ou se completar.
A vida não tem um guião ou manual de instrução , ela apenas passa e muito rápido, sem replay, sem esperar por ninguém ou fazendo pausas. 
O que você tem feito por ela e com ela? A vida vai muito além da realização material, viver vai além do entendimento.
Enquanto temos vida vamos aproveitar cada momento, aprender (porque nunca é tarde), enfrentar desafios, sorrir e também chorar (as vezes mais), mas sempre caminhando de cabeça erguida, se caiu, levante, sacuda a poeira, ajeite armadura e continue, não vale ficar parado, você não é o único e não esta sozinho.
Faça da sua vida um fenómeno, uma “causa”. Não me refiro em cair como de pára-quedas no mundo da fama, cair de cabeça e depois não saber o que fazer quando já dentro dele, como temos observando, mas falo em mudar rotinas, acordar cedo e observar o dia nascer, caminhar sem pressa de chegar sempre aos lugares, observar a paisagem, quebrar regras, tomar decisões e vestir as consequências, chorar e rir mais alto ainda, conhecer pessoas apenas pelo prazer da amizade, sair com amigos, ver um bom filme, estudar algo desafiador, sim a vida é sua entao faça algo que deixe o Criador orgulhoso. As vezes damos tanta importância para coisas que nada importam, e reclamamos de tudo, ninguém te ajuda enquanto tu não te ajudas!

 

Não viva como se fosse eterno, e nem como se o amanha não existisse. Apenas viva, não pergunte -como viver- repito que ela não tem manual e mesmo que tivesse ninguém leria.


Um sábio escreveu: “Passamos amar a vida quando descobrimos que ela é curta”, não vamos deixa-la chegar ao fim para depois valorizar, nós morremos um pouco cada dia, e devemos procurar um final bonito antes de partir. Porque partir todos vamos, a qualquer altura vamos parar, e apenas alguns ocuparam as lembranças, nossa mente é selectiva ela guarda apenas o marcante, o original e único, mas deixa de ler o comum, o abstracto porque esses sucumbem com o pôr-do-sol .

 
Então seja marcante, seja você, ria das suas piadas e desgraças, chore quando se enganar mas não por muito tempo, escute sua música preferida quantas vezes desejar, grite, ame, festeje, fique em casa, tome banho de chuva sem te importares com a chapinha do dia anterior ou então o ténis novo caro, fale sozinho, acredite, minta um pouco mas fale a verdade sempre que puder, busque a paz e cultive-a, reflicta na tristeza e na alegria desfrute, mas viva, viva o bastante. Viver é mágico, é divino, é real.
Porque poucos vivem, a maioria só está existindo!

Por: Ell Lourenço

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui