- Publicidade -

More

    Estreia Mundial : Veja o Vídeo de Sandra Cordeiro "Difícil é Ser feliz''

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Sandra Cordeiro, a princesa do Jazz Angolano,  aposta em dificil ser feliz como  o seu segundo single do seu aguardado álbum de estreia Luandense. O Single escolhido é uma balada  Produzida pelo Paulo Calasans (produtor  é o  autor dos maiores sucessos de   Djavan): O álbum será lançado no dia 2 de marco na praça da independência e, 3 de marco no belas shopping, jumbo, marco histórico de Viana em simultâneo depois a cantora  digressões pelas províncias.

    O Vídeo estreia em breve na Platina Line:

     

    Veja  O Novo Video de Sandra cordeiro:                 

     

    Desde sempre aprendeu a apreciar música influenciada pelo gosto do pai que lhe abriu as portas para estilos pouco convencionais para a sua idade como Frank Sinatra, Nat King Cole, Bobby McFerrin, entre outros. Aprendeu desde tenra idade a gostar de musicais, desenvolvendo o gosto por dançar desde pequenina.

    Pertenceu a grupos de dança tradicional na rua em que cresceu, na escola primária e, no ensino médio, já imitava cantores internacionais destacando-se nas actividades escolares. Sandra Cordeiro começou a cantar aos 12 anos na Igreja do Carmo como solista e foi, nessa altura, ao cantar o evangelho no altar, que descobriu que queria seguir a carreira de cantora. A sua carreira arranca aos 16 anos com a participação, em 2001, no programa Estrelas ao Palco, onde ficou em 5º lugar com a sua imitação da cantora Anastasia com o tema ‘I’m Outta Love’. A partir daí começou a cantar em bares e restaurantes na companhia de várias bandas nacionais e internacionais como a do música Carlos Lopes, a Banda Clave, com o músico Mário Rui, a banda de Jazz norueguesa Gumbo e muitos outros nomes. Foi participando em vários álbuns de música nacionais dos mais variados estilos até à participação no Festival da Canção de Lac, em 2005, onde conheceu o produtor NinoJazz.

    2006 marca o ano do seu grande salto para o reconhecimento nacional, ano em que começa a coleccionar prémios.  Nesse mesmo ano, Sandra Cordeiro ganha o concurso de voz da Spin, arrecada todos os prémios no prémio Canção de Luanda (Melhor Voz, Melhor Letra e Melhor Interpretação) inclusivé o concurso a nível nacional. Com o apoio de NinoJazz e da Kriativa, lança, em 2008, o álbum de estreia ‘Tata’zambi’ com o qual vence o prémio Revelação e o prémio Criatividade. Com o mesmo trabalho, o reconhecimento internacional chega ao seu nomeada para o Prix Decouverte RFI da Rádio Francesa que destaca a 10 melhores novas vozes de África. Mais do que uma promessa, Sandra Cordeiro é já uma das grandes certezas da música made in Africa.

    Sandra Cordeiro, a princesa do Jazz Angolano, prepara-se para lançar o seu segundo single do seu aguardado álbum de estreia Luandense. O Single escolhido é uma balada  Produzida pelo Paulo Calasans (produtor  é autor dos maiores sucessos de   Djavan).

    O Vídeo estreia em breve e nas próximas semanas a Platina Line, irá dar te oportunidade de ouvir a música e o teaser do Vídeo .

    Desde sempre aprendeu a apreciar música influenciada pelo gosto do pai que lhe abriu as portas para estilos pouco convencionais para a sua idade como Frank Sinatra, Nat King Cole, Bobby McFerrin, entre outros. Aprendeu desde tenra idade a gostar de musicais, desenvolvendo o gosto por dançar desde pequenina.

    Pertenceu a grupos de dança tradicional na rua em que cresceu, na escola primária e, no ensino médio, já imitava cantores internacionais destacando-se nas actividades escolares. Sandra Cordeiro começou a cantar aos 12 anos na Igreja do Carmo como solista e foi, nessa altura, ao cantar o evangelho no altar, que descobriu que queria seguir a carreira de cantora. A sua carreira arranca aos 16 anos com a participação, em 2001, no programa Estrelas ao Palco, onde ficou em 5º lugar com a sua imitação da cantora Anastasia com o tema ‘I’m Outta Love’. A partir daí começou a cantar em bares e restaurantes na companhia de várias bandas nacionais e internacionais como a do música Carlos Lopes, a Banda Clave, com o músico Mário Rui, a banda de Jazz norueguesa Gumbo e muitos outros nomes. Foi participando em vários álbuns de música nacionais dos mais variados estilos até à participação no Festival da Canção de Lac, em 2005, onde conheceu o produtor NinoJazz.

    2006 marca o ano do seu grande salto para o reconhecimento nacional, ano em que começa a coleccionar prémios.  Nesse mesmo ano, Sandra Cordeiro ganha o concurso de voz da Spin, arrecada todos os prémios no prémio Canção de Luanda (Melhor Voz, Melhor Letra e Melhor Interpretação) inclusivé o concurso a nível nacional. Com o apoio de NinoJazz e da Kriativa, lança, em 2008, o álbum de estreia ‘Tata’zambi’ com o qual vence o prémio Revelação e o prémio Criatividade. Com o mesmo trabalho, o reconhecimento internacional chega ao seu nomeada para o Prix Decouverte RFI da Rádio Francesa que destaca a 10 melhores novas vozes de África. Mais do que uma promessa, Sandra Cordeiro é já uma das grandes certezas da música made in Africa.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    INADEC realiza 1ª edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial

    O INADEC realizou, nesta Sexta-feira(12), no Ministério do Comércio, a primeira edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial. O evento teve como objectivo...

    Comité Mister Angola comemora 25 anos de existência com jantar intimista

    O comité Mister Angola celebrou os seus 25 anos de existência, neste Domingo(14), com um jantar intimista que reuniu todos os misteres e patrocinadores...

    Pérola e Ednardo Soares tornam-se embaixadores da marca Wiliete Crédito

    Texto: Sara Rodrigues Fotógrafo: Carlos Cristóvão A Wiliete Crédito, uma das principais instituições financeiras em Angola, firmou nesta Segunda-feira um acordo histórico com a cantora angolana...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto