- Publicidade -

More

    Etíope Issac Chebuyo conquista Meia Maratona da ” Paz”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O vencedor da primeira edição da Meia Maratona da PAZ, o etíope Issac Chebuyo (1.03.17) apontou hoje, em Luanda, o controlo da resistência como um dos factores que lhe permitiu conquistar a prova.

    No final da corrida de 21.0975 km, o fundista afirmou que foi necessário manter-se firme para resistir as passadas rápidas e evitar qualquer movimento que lhe levasse a tropeçar e o perder a primeira posição.

    “O clima ligeiramente quente e falhas no troço asfálticos, concorriam para o freio no ritmo, mas, consegui impor-me sobre os rivais directos, como Lonard Langat, segundo colocado (1:03.20) e Albert Kangogo, terceiro (1:03.28)”, disse.

    Posição idêntica, foi manifestada pela vencedora feminino, a etíope Yalemget Mekuriyaw (1:11.52), que referindo não ter sentido muitas dificuldades durante o trajecto, fruto de uma partida acelerada que lhe permitiu dar uma distância em relação as concorrentes.

    Acrescentou que preparou-se para que, mesmo com o clima quente, atingir objectivo, deixando no segundo posto Violah Motosio (1:13.25) e na terceira Damaris Mutua (1:14.39), as duas corredoras do Bahraim.

    Por sua vez, o melhor angolano (9º classificação da geral), Alexandre João realçou a sua experiência como o determinante que lhe garantiu fôlego, para estar entre os 10 da corrida, incluindo os especialistas estrangeiros.

    Já a também nacional Ernestina Paulino (1:19.47), reconheceu ter sido uma prova difícil de chegar ao pódio, na medida que competiu com fundistas mais cotadas da especialidade.

    Explicou ser um mérito para si e para o país, a sua classificação entre as cincos primeiras, num universo de seis opositoras estrangeiras talhadas para este modelo de competição.

    Os angolanos, com as referidas marcas, perderam as oportunidades de participarem da meia maratona de Nova Iorque (masculino) e de Lisboa (feminino).

    Paralelamente ao evento principal, também houve a Corrida da Família, em itinerário de apenas 7.500 km, com carácter lúdico.

    O tiro de largada, dado pela ministra da Juventude e Desportos, Ana Paulo do Sacramento Neto, aconteceu na Rua das Kipakas (Zona do Bungo), passando à esquerda pela Avenida 4 de Fevereiro (Marginal de Luanda), rua Murtala Mohamed até ao Farol Velho (Ilha do Cabo),

    Regressou no sentido ascendente para o Memorial António Agostinho Neto, na Praia do Bispo (meta).

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Restos mortais de Ângelo Victoriano repousam na Santa Ana

    Os restos mortais do antigo basquetebolista Ângelo Victoriano repousam, desde hoje, quarta-feira, no cemitério do Santa Ana, em Luanda. Ângelo Victoriano, o segundo angolano a...

    Coca-Cola e Química Verde levam água potável à província do Bengo com Biofiltros

    Por Sara Rodrigues Fotógrafo: Joaquim Manuel A Coca-Cola, em parceria com a Química Verde, implementou nesta quarta-feira, 17 de abril, uma iniciativa para proporcionar água potável...

    “O mundo não aprecia coitados nem perdedores”, diz Teresa Sara

    A atual Miss Angola Internacional, Teresa Sara, deixou um conselho para as jovens que a veem como modelo. Em sua abordagem, aconselhou-as a lutar...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto