Exclusivo: Famosos Angolanos falam sobre dia O Dia Internacional da Mulher

0
226

O Dia Internacional da Mulher é comemorado anualmente a 8 de Março. A data foi celebrada pela primeira vez a 19 de Março de 1911 na Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça. Desde esse ano, o dia tem vindo a ser comemorado em vários países, de forma a reconhecer a importância e contributo da mulher na sociedade.

Outro dos objectivos do Dia Internacional da Mulher é recordar as conquistas das mulheres e a luta contra o preconceito, seja racial, sexual, político, cultural, linguístico ou económico. Em 1975, as Nações Unidas promoveram o Ano Internacional da Mulher e em 1977 proclamaram o dia 8 de Março como o Dia Internacional da Mulher.

No Dia Internacional da Mulher é comum serem enviadas a mulheres mensagens de apreço e homenagem, e fazerem-se pequenas surpresas, como o envio de flores. A  Platina Line procurou algumas figuras publicas nacionais para saber da importância data. 

Pedimos aos  nossos interlocutores a opinião  sobre data e pedimos que elencassem um top de 5 personalidades que mais respeitavam.

 

 

 

 

 

Coreon Dú 

Musico, Executivo de  Comunicação Social 

 

“A mulher angolana que mais admiro é minha mãe Dra. Maria Luísa Perdigão Abrantes”

 

Caro Sarchel de facto é um tema interessante . Admiro figuras como a Oprah Winfrey porque é um exemplo de superação tendo vindo de origem pobre/rural e tendo através da conquista da sua formação e trabalho atingindo o patamar elevado. Admiro também a Tyra Banks, uma mulher que quebrou o preconceito da “modelo/manequim sem inteligência”. Banks demonstra que uma mulher pode ser bonita e ao mesmo tempo ser uma boa profissional e zelar pela sua formação profissional e académica ( mesmo sendo uma empresaria de sucesso a mesma inscreveu-se na universidade Harvard recentemente para aprimorar os seus conhecimentos no ramo da Gestão) . Admiro muitíssimo a Beyoncé Knowles, não por razões óbvias, mas pelo que ela exemplifica ela é um exemplo vivo de trabalho e dedicação tendo desde a sua infância trabalhado arduamente para atingir o seu sonho profissional e mesmo depois de ser considerada uma das artistas mais influentes da sua geração demonstra estar sempre em busca de desenvolver e superar-se. Novamente na música admiro a Madonna pois ela goza de uma carreira invejável de quase três décadas. A qualidade que mais me admira nela é o facto de ser arrojada e sem medo de encarar desafios quando acredita nos mesmos. Quando mais nova, numa entrevista ela disse que seu objectivo era “conquistar o mundo” e ela está perto disso pois ela influencia as vidas e inspira pessoas de todos os géneros, raças e nacionalidades e influenciou o mundo do entretenimento e a cultura Pop ( influenciando tendências musicais, da moda , estilo e chamando atenção para causas por vezes controversas ).

 

 


Claro que não seria um bom angolano se não tivesse pelo menos uma mulher angolana na minha lista. A mulher angolana que mais admiro é minha mãe Dra. Maria Luísa Perdigão Abrantes, uma mulher exemplar nas suas conquistas académicas e profissionais que defende o valor da formação , trabalho , dedicação e a solidariedade. Fico de veras orgulhoso quando vejo por exemplo os seus textos sendo usados no currículo académico de varias instituições de ensino superior em Angola e por ver as varias contribuições que dá ao mundo académico e profissional.

 

 

 


Publicidade 

PLATINA_VERAO_UNITEL_684X82_1

 

Ana Maria Delgado (Directora Executiva da LS Portugal  ) 

 

“Se queremos o direito à igualdade de géneros, temos que aceitar que tanto homens, como mulheres precisam ter os seus direitos assegurados”

 

A mulher que se acha inteligente reclama igualdade de direitos com os homens. Mas a mulher que é realmente inteligente não o faz…sou contra o chamado “dia da mulher”, só mostra que há diferenças entre os géneros que não passa só pelo sexo! Não será o “dia da mãe” suficiente como forma de enaltecer a mulher?! Ou não será justo também, ao reclamarmos igualdade, haver um “dia do homem.

 

Como mãe de 4 filhos, autónoma, feminina (não feminista), multitask(multitarefas), sou delicada, elegante nos gestos e na maneira de estar, enfim, tudo o que é politicamente correcto numa mulher mas, isso não me coloca numa posição inferior, ao qual precise de um “dia” especial para ser lembrada. Não considero que haja homem algum que me faça frente ou que seja superior a mim. Há sim áreas diferentes em que os homens e as mulheres se destacam pelas suas capacidades e estrutura físicas.

 

Se identificarmos o dia como homenagem às muitas mulheres exploradas, vitimas de violência doméstica, ex cisadas, sem direito a voz em muitos países, porque não  lembrarmos que também muitos homens no mundo que são escravizados, são enviados para frente de batalhas, vitimas de violência doméstica e que, por imposição dos valores da sociedade, sofrem silenciosamente, no embaraço constante de não perderem o estatuto de “macho alfa”.

 

Se queremos o direito à igualdade de géneros, temos que aceitar que tanto homens, como mulheres precisam ter os seus direitos assegurados. Que tal haver o dia da humanidade? Por que não lutar a favor dos direitos dos Homens enquanto ser e sermos pro activos quanto a defesa de princípios e valores. Se as mulheres fossem inferiores, alguém não teria dito que ” por traz de uma grande homem, há sempre uma grande mulher”! E, se assim o é, certamente será por sermos iguais na essência.

 

As minhas escolhas do Top 5 Mulheres

-1 A presidente da Libéria, Ellen Johnson Sirleaf,

2- A militante Leymah Gbowee, também liberiana

3- A jornalista e ativista iemenita Tawakkul Karman- foram as 3 laureadas com o Prêmio Nobel da Paz em 2011

4-Michelle Obama, uma grande mulher de um grande homem

5- Leonor Beleza, pelo trabalho que esta  a  realizar no centro Champalimod

 

 

Karina Gonçalves

  Jurista, e Apresentadora.

 

“A mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes, sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova”.

 

O primeiro Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 28 de Fevereiro de 1909 nos Estados Unidos, em homenagem ao protesto realizado por um grupo de mulheres operárias de uma indústria de vestuário em New York contra as más condições de trabalho. O nosso esforço para chegar à igualdade de direitos vem de muito longe…

 

Uxor – Mulher em latim, é mãe de todos os seres e por isso deve ser respeitada, amada e acarinhada. Acho muito bem que tenhamos um dia só para nós!

 

Parabéns a todas as mulheres guerreiras e transformadoras do mundo, após muito empenho a finalmente conseguimos ter direito a voto, a exercer as mesmas profissões que os homens, a fazer parte do Parlamento, enfim a ter a sua dignidade, respeito e independência! Ainda existem algumas medidas por serem tomadas, mas o certo é que a maior batalha já vencemos. Hoje somos reconhecidas pelo que somos enquanto seres humanos, não pelo género, embora infelizmente ainda existam muitas a serem subjugadas, maltratadas, discriminadas…

 

Como dizia o escritor russo Leon Tolstói , “a mulher é uma substância tal, que, por mais que a estudes, sempre encontrarás nela alguma coisa totalmente nova”.

 

A única Mulher que realmente admiro é a CARLA GONÇALVES, minha mãe!

 

 

 

 

Yeda Aleixo 

Jornalista

 

Batalhamos para mostrar ao mundo que somos os seres frágeis mais fortes do universo.”

 

A mulher, desde os tempos remotos tem enfrentado as mais diversa formas de descriminação. Começando pelas lides da casa; ha mentes que só conseguem olhar para elas e associa-las ao cuidado da família e da casa, mas mesmo sendo consideradas o sexo frágil, tem conseguido superar as barreiras impostas pela sociedade e ainda dividir-se em muitas para poder conciliar todas as tarefas, gerindo da melhor forma o seu precioso tempo, sendo mãe, esposa, trabalhadora, filha irmã, nora e cunhada.

 

A mulher é batalhadora, qualidade essa, concebida devido ao facto de poder gerar vida, se podemos isto conseguimos tudo, conseguimos lutar pela sobrevivência dos nossos filhos, ainda que não tenhamos o que comer, pomos uma bacia a cabeça, e vendemos ate o menos lucrativo, para garantir a subsistência da família.

Batalhamos para mostrar ao mundo que somos os seres frágeis mais fortes do universo.

 

A mulher tem conquistado o seu lugar na sociedade mostrando competência naquilo a que se propõe dedicar, e isto deve-se também a sua persistência, perseverança, firmeza e “fragilidade”.

Quer nas artes, economia, politica, sociedade e em outras mais áreas ela consegue transmitir a sensibilidade na medida certa para influenciar positivamente na tomada de importantes decisões, e por sermos “super. heroínas” merecemos a distinção num dia como o 8 de Março.

Meu Top 5 


1-Minha mãe: Herminia Tiny, mulher batalhadora,meu porto seguro fonte de inspiração e exemplo a seguir

2-Mara Dalva: acho-a uma mulher incrivel, supera os obstaculos com muita garra é integra, batalhadora e muito forte.

3- Rosa Cruz e Silva: Ministra da Culttura, é uma optima profissional, desempenha bem o seu papel na sociedade, alem de ser uma mulher muito elegante.

4- Hillary clinton: Como Secretária de Estado de Obama, Clinton é a primeira primeira-dama a servir em um gabinete, ela é a prova viva de que, atras de um grande homem existe uma grande mulher.

5-Oprah Winfrey-A Criança pobre que transformou-se na apresentadora de maior sucesso da TV americana e na personalidade feminina mais inflente das ultimas decadas, uma mulher simplesmente fantastica, que identifica-se com a frase “Querer é poder”

 

 

 

 

Sharam Diniz 

Modelo 

“Mulher, berço da vida, capaz de tudo transformar, com um toque sublime. Heroína dos nove meses de gestação, da explosão do nascer, da paciência  infinita do amamentar, do sacrifício do criar !!!”

 

Meu top 5:  Minha Avo, uma vida de força e dedicação aos filhos e a toda a família. Há  poucos dias resistiu a uma arriscada cirurgia ao coração, talvez cansado de  tanto amar os outros. Desejo-lhe Feliz dia da Mulher, com mais esta Vitória  da sua vida exemplar. Minha Mãe, meu maior orgulho, protectora e batalhadora sem par, conseguiu  que nada faltasse aos seus filhos, mesmo com renúncias de si própria.  Ana Paula Dos Santos, Primeira dama de Angola, respeito-a e admiro-a, pelo  amor que dedica aos seus próximos, ao povo do seu país, e a todos os  desfavorecidos. Naomi Campbell, Ícone no Mundo da Moda, onde continua a brilhar. Para mim,  mais do que uma inspiração, é uma referencia.  E as mulheres que cuidam dos seus semelhantes, nos hospitais; as que ensinam,  nas escolas; as que trabalham nos seus próprios lares; as que reportam as  guerras e são vítimas delas; as que sofrem amputações por culturas   retrógradas; as que são vítimas de discriminações culturais e religiosas nos   seus povos; as que são discrimanadas nos seus locais de trabalho; as que  sofrem violência nas suas próprias famílias.  E as mulheres que vencem, na sociedade, nas empresas e na política.  Para todas, neste Dia da Mulher, dedico o meu aplauso, a minha  solidariedade, a minha admiração e a minha promessa de fazer tudo para as  igualar.

 

 

Nadia Silva 

Modelo e Apresentadora 

“Nos últimos tempos a mulher tem mostrado que e capaz”

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objectivo é discutir o papel da mulher na sociedade actual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, nos ainda sofremos, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Pretende-se chamar a atenção para o papel e a dignidade da mulher e levar a uma tomada de consciência do valor da pessoa, perceber o seu papel na sociedade, contestar e rever preconceitos e limitações que vêm sendo impostos. Nos últimos tempos a mulher tem mostrado que e capaz. Exemplos concretos de algumas delas e que tenho como espelho :

Margaret Hilda Thatcher, Baronesa Thatcher, é uma política britânica, primeira-ministra .

Oprah Winfrey é apresentadora de televisão e empresária estado-unidense, vencedora de múltiplos prémios Emmy por seu programa The Oprah Winfrey Show.

Ana Paula Cristóvão Lemos dos Santos. Primeira dama da Republica de Angola.

E realmente muito bom e gratificante saber que temos um dia especial dedicado a nós. mães, amigas, esposas, secretarias ministras zungueiras medicas, engenheiras em fim estamos todas de parabéns pois a luta continua.

 


Márcio Silva

Márcio BLACK-X

Rapper e Compositor

 

Todas famílias ou qualquer ciclo-social é privilegiado  por estar inserido uma mulher. Uma mulher mãe, irmã, amiga , esposa ou namorada, o que significa que nós os homens temos parte da nossa “independência” dependente nas mulheres, o que não é mau pois afinal de contas as mulheres são os seres mais sensíveis quando se trata de sentimentos. O dia 08 de Março é muito importante porque vem realçar e patentear a figura imensurável da mulher, bem como mostrar as capacidades e influencias que a mulher já teve na idade média e que continua a ter na idade moderna, já dizia o grande escritor brasileiro Vinincius de Morais que “só a mulher o deixava com olhar estático da aurora”.

 As figuras fem. que mais respeito:

 Miriam Makeba

 Cesária Evóra

 Delfina Ebo

 Lurdes Van- Dúnem 

 Missy Eliot

 

 

Karina Barbosa 

C.E.O da Step  
É bom que se celebre a MULHER mas o seu valor no equilíbrio e desenvolvimento de pessoas e sociedades vai muito além do que pode ser descrito na mais bela dedicatória ou premiado com o mais valioso presente. We run the world!
Amor, força e dedicação movem mulheres de todo o mundo contra as mais diversas adversidades a alcançarem o impossível, e mulheres extraordinárias inspiram novas gerações a ir cada vez mais além.
Admiro muitas mulheres de todo o mundo, mas especialmente Olívia Barbosa, minha mãe que me deu uma excelente educação e exemplo de amor, determinação, força e perseverança que me permitiram sobreviver e superar muitas e grandes dificuldades; Oprah Winfrey pelo seu extraordinário percurso de vida, profissionalismo e filantropia; Sharam & Maria Borges por serem jovem exemplos para a juventude angolana de que uma rapariga não nasceu para viver à sombra ou às custas de um homem mas para trilhar e conquistar o seu próprio sucesso, realização pessoal e profissional e independência; e KB 🙂 because STEP by step, against everything & everyone… I survived… and I made it… BIG!




DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui