- Publicidade -

More

    Exclusivo: Johnny Berry posto em Liberdade

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O músico Evânio Manuel Bunga David, conhecido também como “Johnny Berry”, que foi detido na passada sexta-feira, 27 de Janeiro, no Hotel Wello Hause, às 19h, em cumprimento do mandado de Busca sob custódia do processo N.º 4631/PGR/LBT/2022, emitido pelo procurador Almerindo Bastos Chivutucua, já está em liberdade após acção do renomado advogado Tito Cambanje, sócio-fundador da TCA – sociedade de advogados, em representação da editora LS Republicano.

    O cantor, que agora está em liberdade desde a manhã desta segunda-feira com intervenção de um dos pesos pesados da advocacia do nosso país, ficou detido por três dias, que segundo o autor do hit “Me Namora” parecia um mês.

    O Advogado Tito disse ao Platinaline que a promotora de eventos Nisia Center requereu uma indemnização de cinco milhões de Akz. O evento correu mal para a promotora e tentou imputar ao músico a responsabilidade de todo o fracasso derivado da ausência de clientes.

    Nos bastidores, Fernando Republicano dizia a pessoas próximas que a prisão era injusta e que iria viajar a Benguela para buscar o seu artista usando os preceitos legais que Constituição da República de Angola o permite.

    Johnny Berry disse ao Platinaline, após estar em liberdade, que esta focado apenas na sua carreira e que terão novidades nas próximas horas, “meu EP está pronto, aguardem”. O músico disse ainda que uma grande lição que o cantor tirou desse processo é a grande importância de ter uma estrutura competente, capaz, firme, eficiente e sólida ao seu lado para evitar amadorismo.

    Sabe o Platina Line que, Johnny Berry irá responder o processo em liberdade, e há possibilidade das partes resolverem o problema de forma extrajudicial.

    Vale lembrar que, Johnny Berry” e seu agente Mateus Manuel são arguidos no processo N.º 4631/PGR/LBT/2022, e sobre os mesmos pesa uma queixa crime de burla sobre a cidadã residente em Benguela, de nome Dionísia Longue Dinis Manuel, através da sua empresa Nisia Center, que a data dos factos contratou, em finais de Agosto e Setembro, o artista por um valor acordado de quinhentos mil kwanzas para actuar na festa denominada “Siga La Centralidade”, no dia 30 de Setembro de 2022.

    Entretanto, o músico não actuou no referido evento, apesar de estar no local, pois exigia o pagamento integral, segundo o agente do artista, Mateus Manuel. As reivindicações solicitadas eram os restantes 250 mil kwanzas do cachê do artista e as despesas de deslocação, alimentação e hospedagem.

    De acordo com uma fonte do Platinaline, a queixosa diz que quer justiça, quer ver o seu valor pago e exige que o cantor e seu agente paguem uma indemnização de cinco milhões de kwanzas.

    A editora LS & Republicano, que agencia o artista actualmente, em nota conjunta com escritório de advogados TCA-Advogados, disse, na altura, que recebeu com tristeza e espanto a informação da detenção do seu artista, que foram violados de forma grosseira e leviana todos os direitos constitucionais e processuais consagrados na nossa Constituição e demais legislações, e diz que o representante do Ministério Público esqueceu-se de que a prisão preventiva deve ser a última hipótese a ser aplicada perante uma pessoa devidamente localizada, mas tranquiliza os fãs do artista que, em breve, tudo deve ser resolvido.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra” reconhece 28 profissionais em diferentes áreas de actuação

    Os Prémios “Tigra Nova Garra” já fazem parte da agenda dos grandes eventos anuais que reconhecem talento, criatividade, esforço e compromisso social dos jovens...

    “Delero King cobra Taxa de 1 Milhão de Kz por Participação Musical”

    Na terça-feira, (23), teve lugar em Luanda a conferência de imprensa para anunciar os vencedores da 4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra”, uma...

    Miguel Neto declara que denominação “música folclórica” é pejorativa para Angola e defende o termo “tradicional”

    O jornalista angolano Miguel Neto declarou, nesta Segunda-feira (22), durante a rubrica "Momento Cultural" do programa A Tarde é Nossa da TV Zimbo, que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto