- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    Êxitos de Jacinto Tchipa na “Live no Kubico”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por Analtino Santos

    Os artistas Sabino Henda, Flay, Zé Manico, Man Sambila e Bela Chicola são as vozes escolhidas para interpretarem alguns dos principais sucessos de Jacinto Tchipa, na tarde deste domingo, a partir das 14 h00, em mais uma edição da “Live no Kubico”, uma parceria entre a Televisão Pública de Angola (TPA) e Platinaline.

    O trio desta edição do Live no Kubico, que terá transmissão na TPA (Canal 1 e Internacional) e nas plataformas do Platinaline, a partir dos, estúdios da PA sucede a dupla Dom Caetano e Robertinho, que animou o concerto do dia 16 deste mês.

    Como tem sido habitual nesta segunda temporada, a Banda Movimento faz o acompanhamento musical de sucessos como: “Cartinha de Saudade”, “Maié Maié”, “Sissi Ola”, “África”, “Kumbi Lianda” e outros temas que animaram os angolanos nos anos 1980 e 1990, na voz do artista e militar que convenceu os fãs ao arrebatar o Top dos Mais Queridos, por dois anos consecutivos, e animar as frentes militares das tropas governamentais.

    A produção optou por destacar artistas que têm aspectos em comum com Jacinto Tchipa, homens de farda que usaram a música como arma de mobilização nas extintas FAPLA. Sabino Henda, Flay e Zé Manico foram integrantes dos agrupamentos militares como: 10 de Julho, Banda Voga e Os Fachos. Do outro lado, a voz feminina Bela Chicola, tal como Jacinto Tchipa, absorveu os provérbios do centro sul, cantadas em umbundu.

    Curiosamente, a última aparição em palco de Jacinto Tchipa aconteceu na Live do Kubico, em Dezembro de 2020, numa edição especial dedicada às Forças Armadas Angolanas. Jacinto Tchipa notabilizou-se no mercado nacional, durante a década de 1980, quando foi vencedor, duas vezes consecutivas, em 1986 e 1987, do Top dos Mais Queridos, organizado pela Rádio nacional de Angola.

    Jacinto Tchipa nasceu em 1958, na Caála, Província do Huambo. Muito cedo começou a actividade musical, mas foi em Luanda, durante o serviço militar, que entra no meio artístico introduzido por Kinito Tambor de Fogo, primeiro como colaborador de grupos como África Ritmo, depois na Orquestra Inter Palanca e Sensacional Maringas. Depois aposta numa carreira a solo, bem sucedida com a produção musical de Eduardo Paim.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Primeira loja da marca oficial Cavalinho inaugurada em Luanda

    A marca “Cavalinho” inaugurou, nesta Quinta-feira (11), em Luanda, no Distrito Urbano do Benfica, a sua primeira loja de acessórios de moda e artigos...

    Presidente João Lourenço e Ana Dias irradiam simpatia na 10ª edição dos Prémios SIRIUS

    O Presidente João Lourenço e a Primeira Dama, Ana Dias, foram os destaques da noite durante a gala da 10ª edição dos Prémios SIRIUS....

    Reverendo angolano Paulo de Carvalho recebe certificado de Mérito pela Universidade de Oxford

    Por: Sara Rodrigues Mais um angolano a elevar o nome de Angola e a ganhar destaque lá fora. Trata-se de Paulo de Carvalho da Conceição,...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto