Fundação Ngana Zenza de Ana Dias Lourenço arrecada mais de 142 milhões de kwanzas com dois quadros e outros bens em leilão

0
246

Por: Arieth Silva
Fotos: Carlos Cristóvão

A Fundação Ngana Zenza para o Desenvolvimento Comunitário (FDC), em que a patrona é a Primeira-Dama da República Ana Dias Lourenço, realizou neste sábado (19), na tenda Maré Nostrum, Ilha de Luanda, a apresentação pública do projecto, num acto que culminou com a arrecadação de mais de 142 milhões de kwanzas com dois quadros em leilão.

Durante a gala de apresentação do projecto foram angariados valores que vão servir para apoiar os projectos em curso, tais como: o Programa de Desenvolvimento Integrado e Comunitário do Toco, a plataforma Dikota_E6.0 e o projecto Tata Uhayele.

Para tal, foram leiloados dois quadros denominado “Roda solidária”, da autoria de Kim Vitongue, avaliado em 72 milhões de kwanzas, e “Justiça social”, da autoria de João Joaquim, avaliado em 70 milhões de kwanzas. Igualmente foram leiloados três vestidos de gala e uma peça de arte.

Várias entidades estiveram a prestigiar o evento, com destaque o Presidente da República de Angola, João Manuel Gonçalves Lourenço, o Vice-presidente da República, Bornito de Sousa, o Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, as primeiras damas do Gana, Rebecca Akufo-Addo, e de Cabo Verde, Débora Carvalho, entre outras entidades governamentais nacionais. Apresentaram a gala os jornalistas Sérgio Rodrigues e Mara D’Alva.

A Fundação Ngana Zenza é uma organização não governamental e foi constituída a 20 de Fevereiro de 2020 (sem fins lucrativos), com o objectivo de promover o desenvolvimento comunitário sustentável, solidário, integrado e inclusivo, bem como a promoção da cidadania, valores morais e sociais fundamentais como os valores da família, da protecção ambiental e da valorização das tradições.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments