- Publicidade -

More

    A Globo saúda o ano novo com grandes produções

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Com a chegada de 2017, a Globo pretende que os seus telespectadores sintam a energia renovadora de um novo ano, de um novo ciclo e de óptimas novidades. Foi nesse sentido que a emissora preparou uma grelha de programação recheada de grandes apostas na qualidade televisiva.

     

    O ano começa a aquecer logo no início da segunda semana de Janeiro. No dia 10, após ‘A Lei do Amor’, o público pode acompanhar a saga de um herói brasileiro em ‘Aldo – Mais Forte que o Mundo!’, uma surpreendente história real de determinação, afecto e superação. Nascido na periferia de Manaus, filho de uma família pobre e com um pai alcoólatra, José Aldo tornou-se o maior campeão de MMA (Artes Marciais Mistas) de todos os tempos, um ídolo mundial. A minissérie de quatro capítulos é baseada no filme “MaisForte que o Mundo”, de Afonso Poyart e traz imagens documentais e entrevistas com a família, amigos e com o próprio Aldo, que revelam os bastidores da aventura deste amazonense que conquistou o mundo. “Construímos, a partir do filme de Poyart, um docudrama. Com isso podemos ver ainda melhor como aquela história, que já é incrível por si só, se torna ainda mais arrebatora quando se sabe que ela é uma história real, de um brasileiro que está vivo e em plena actividade”, afirma George Moura, que assina o roteiro da adaptação para a TV. Protagonizada por José Loreto, a obra tem no elenco nomes como Cléo Pires, Jackson Antunes, Cláudia Ohana, Milhem Cortaz, entre outros. 

     

    Em seguida, na mesma data e após ‘Aldo – Mais Forte que o Mundo’, a Globo estreia a minissérie ‘Raízes’, uma obra-prima que discute racismo, escravidão e a luta pela liberdade. Indicada a seis Emmys, incluindo o de melhor minissérie, ‘Raízes’ é uma novaadaptação do clássico de Alex Haley, que se tornou fenômeno televisivo nos anos 1970. A minissérie de oito episódios traz um elenco premiado com actores como Laurence Fishburne (vencedor do Emmy), Forrest Whitaker (vencedor do Óscar), AnnaPaquin (vencedora do Óscar), Jonathan Rhys Meyers e Anika Noni Rose. A saga começa quando Kunta Kinte é capturado na sua terra natal, Gâmbia, e vendido como escravo para o fazendeiro John Waller, na América colonial. A história de Kunta Kinte faz eco na de milhões de norte-americanos de origem africana e revelam poderosas verdades sobre a resistência universal do espírito humano.

    No dia 16, após ‘A Lei do Amor’, estreia ‘Dois Irmãos’, uma história intensa e passional sobre o cruzamento de afectos. Em, Manaus que recebe uma profusão de culturas entre as décadas de 1920 e 1980, uma família que se estrutura a partir do nascimento dos gémeos Omar (Enrico Rocha/ Matheus Abreu/ Cauã Reymond) e Yaqub (Lorenzo Rocha/ Matheus Abreu/ Cauã Reymond) é destruída por causa da rivalidade extrema entre eles – uma disputa em torno do amor da mãe, Zana (Gabriella Mustafá/ Juliana Paes/ Eliane Giardini). São personagens que saltam das páginas de ‘Dois Irmãos’, célebre romance do escritor amazonense Milton Hatoum, para uma minissérie de 10 episódios, escrita por Maria Camargo e com direcção artística de Luiz Fernando Carvalho.

     

    No dia 24, após ‘Dois Irmãos’, a inseparável dupla de amigos Laranjinha (Darlan Cunha) e Acerola (Douglas Silva) está de volta à TV, agora na minissérie de quatro capítulos ‘Cidadedos Homens’, projecto da Globo em co-produção com a O2 Filmes. Mas, afinal, por onde andam Laranjinha e Acerola? Doze anos depois da última temporada, eles cresceram, viraram adultos e têm filhos. Na nova história, passado e presente entrelaçam-se. Quem viu Laranjinha e Acerola crescerem e enfrentarem os desafios de morar na comunidade, vai poder rever a dupla em três episódios marcantes do seriado original, que levam a uma nova aventura inédita vivida nos dias de hoje. Nela, a amizade entre Laranjinha e Acerola será posta em cheque. A minissérie escrita por George Moura e Daniel Adjafre, com direcção de Pedro Morelli, vai contar a luta de Laranjinha para salvar o filho Davi (Luan Pessoa), após descobrir que ele tem uma grave doença. Sempre com a ajuda e apoio do fiel amigo Acerola, agora ao lado do filho Clayton (Carlos Eduardo Jay), o seriado que marcou época na televisão e foi indicado ao Internacional Emmy Award 2005, vai mostrar que o tempo passou, mas os problemas na comunidade continuam bem-parecidos.

     

    São estas e muitas outras novidades que a emissora apresenta ao seu público logo a partir do início de Janeiro, na Globo, canal 10 da ZAP.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Cle Entertainment e Erque Chabango Rent Car Unem Forças para Apoiar a Cultura e Juventude Angolana

    Nesta segunda-feira, duas das maiores empresas em seus respectivos setores em Angola anunciaram uma importante parceria com foco no apoio à cultura e juventude...

    Hélio Taveira reconhece crescimento profissional da ex-companheira de programa “Stela de Carvalho”

    Por: Nunes Hebo Ausente dos holofotes há alguns anos, o ex-apresentador do programa “Viva a Tarde”, do canal Zap Viva, Hélio Taveira, reconheceu, recentemente no...

    Férias mais divertidas e cheias de aventura com os canais infantis da DStv!

    Uma temporada de conteúdo educativo e divertido para crianças, especialmente escolhido para os mais pequenos LUANDA, 13 de JUNHO de 2024 - As férias estão...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto