- Publicidade -

More

    Grécio Dope fala do seu percurso artístico e como surgiu a paixão pelo Rap

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Iraneth da Cruz
    Link: bit.ly/29G4W90

     

     

    Desde muito jovem que Grécio Cláver Bumba, de nome artístico Grécio Dope, se deixou levar pelo ritmo do “Boom Bap” e começou a apreciar o jogo de palavras que caracteriza e distingue este estilo musical dos outros, tornando-se um artista caracterizado pelo estilo Rap.

     

    Em 2001, Grécio começou a acompanhar alguns colegas em freestyles, batia “beat boxes” na escola e, de vez em quando, fazia algumas rimas, o que o motivou bastante a compor, tendo chegado a escrever letras de músicas que não foram gravadas. Em 2005, começou a produzir instrumentais em casa e a gravar algumas músicas que foram muito bem recebidas pelos vizinhos e amigos. No ano seguinte, Grécio juntou-se a um amigo e formaram uma dupla, gravaram músicas com qualidade competitiva a nível local, tiveram boa aceitação e foram, aos poucos, ganhando o seu espaço no mundo da música.

     

    Em 2007, participou activamente em freestyles e rompimentos, onde desenvolveu a habilidade de improviso e de composição em tempo record e até 2011 fez algumas músicas, incluindo várias colaborações com artistas amigos, o que deu-lhe experiência com o microfone para gravação em estúdio.

     

    Já em 2012, juntou-se ao Diplomatta e fundaram a produtora “Diamonds”, que é dirigida por si. A partir daí, foi trabalhando com os membros de sua “label” de modo mais profissional e com qualidade aceitável a nível nacional. Grécio já trabalhou com alguns artistas e produtores de renome e aos poucos foi conquistando o seu público com algumas músicas, como “Sessão de Fotos”, “Vinho Branco”, “Enche O Meu Copo”, “Buzz Tá Alto” entre outras.

     
    Recentemente Grécio disponibilizou em várias plataformas online o seu LP intitulado “MVP”, trabalho com pendor autobiográfico, onde mostra as suas raízes, sua vertente, sua posição no Rap e muito jogo de palavras acompanhado de um flow diferente e musicalidade original.
     

     
    Share this
    Tags

    A Bombar

    Benvindo Magalhães descarta possibilidade de algum dia apresentar Telejornal: “Nunca”

    Por: Sara Rodrigues O apresentador de TV e locutor de rádio Benvindo Magalhães deixou claro em entrevista ao Platinaline que jamais, na história da televisão...

    4ª edição do Unitel Estrelas ao Palco será emitida às quintas-feiras

    Por: Sérgio Flávio Fotos: Rosário Duarte Foi realizada hoje (28), nas instalações do canal ZAP Viva, uma conferência de imprensa para divulgar detalhes sobre a...

    De vencedor a membro da mesa de jurados: O brilhante percurso de Anderson Mário no Unitel Estrelas ao Palco

    Por: Sérgio Flávio Vencedor da primeira edição do concurso Unitel Estrelas ao Palco, Anderson Mário é um dos poucos concorrentes de projetos do gênero que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto