- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    I Love Kuduro 2013: Festival I Love Kuduro reúne velha e nova geração do estilo

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    IMG_3002

    Domingo (31) Ultimo dia do Mês dedicada as mulheres   foi palco do   segundo e ultimo dia da segunda edição do festival I Love kuduro, uma iniciativa de  Da Banda, Semba comunicação  liderada por   Coreon Dú em parceria com a FILDA, que promove o estilo musical e une os artistas.

    Que a cada ano   ganha cada vez mais impacto no mundo, e merece, de facto valorização, pois é verdadeiramente nosso. Essa segunda edição primou por uma melhor organização e deu novas oportunidades a novas kuduristas.

    Nesse segundo dia a moldura humana se fez sentir com maior visibilidade em relação ao primeiro dia. Um dos apresentadores do festival, BV Magalhães, em entrevista ao Platinaline afirmou que esta edição esta ligeiramente melhor organizada. O kuduro é Angola. E quanto aos bifes entre os kuduristas, o apresentador diz achar ser necessário para apimentar. Foram mais de sessenta atuações.

    Foi um festival colorido e bastante alegre, uma pura manifestação da cultura angolana.

    A dupla Tchoboly e sari sari estiveram presentes para dar o seu contributo ao festival, eles que começaram como produtor e acabaram por formar essa dupla forte com músicas muito divertidas como “ quem mandou me nascer”.

    Para surpresa de todos os que pensaram que Nagrelha fosse o único a arrastar multidões, Rei Ly, o famoso pai do lamento fez sucesso com a multidão, que cantou as suas músicas do princípio ao fim, foi preciso a intervenção da polícia para acalmar os ânimos dos fans. Esse jovem natural do município do Cazenga canta a onze anos, canta para povo, transmite nas suas músicas mensagens de consolo e lamento, aquilo que vê diariamente. E para alegria dos fans, o seu trabalho discográfico saí ainda esse ano.

    Os vagabanda do Marçal, Puto Mira e Herói relembraram os primeiros sucessos e deram a conhecer ao publico a nova musica da dupla. A seguir JD, o único artista que consegui fazer fusão entre o rap e o kuduro deu show no palco do I love kuduro.

    Gata agressiva, a kudurista mais velha do festival, com 36 anos mostrou que é uma Diva e que o kuduro é muito nosso. Já lil kiss foi acompanhada por bobaby king, ele que convidou-a para cantarem uma música que conta com a participação da cantora. E essa por sua vez portou-se lindamente apesar de ser a sua primeira vez no festival, confessou que estava nervosa mas no palco a cantora transformou-se e deu o seu melhor.

    Cabo Snoop, o único músico angolano que conseguiu um premio de prestígio na MTV, homenageou o autor do kuduro “ Do macaco” que infelizmente já não esta entre o mundo dos vivos mas a sua música continua a bater.

     

     Francis Boy deixou o seu nome cravado neste festival. A par de poucos, conseguiu levar ao rubro os amantes do ritmo e teve apoio permanente da plateia.

    Tony Amado, um dos precursores do Kuduro, fez uma retrospectiva das suas músicas.Do tempo que lhe foi reservado, o músico, um dos mais antigos neste ritmo, conseguiu apresentar parte do seu repertório.

    Puto prata declarou que já é um homem doutorado no entanto doou as pratas que tinha  no pescoço ao publico.

    IMG_2328

    Os carismáticos, presidente Gasolina e ouro negro contaram com a participação de Coreon Dú na sua actuação, alguém que sempre fará de tudo para levar o kuduro além fronteiras.

    IMG_2656 

    Se Bem trouxe ao palco um grupo de soldados. Com a sua criatividade marcharam em prol do kuduro.

    O Estado-maior do Sambizanga, Nagrelha foi o ultimo a actuar, provou que Angola realmente vibra quando ele chega, como ele assim o diz. Dos kuduristas com mais seguidores, teve ate uma réplica de Nagrelha no festival e as pessoas o confundiram com ele. A euforia dos fans de Nagrelha foi bastante visível no festival assim como é em outros eventos. O próprio aproveitou para dizer que partir de hoje o festival deixaria de ser I love kuduro, para passar a ser I love Lambas. E desta forma que eles terminaram o festival.

     IMG_3012

     O I Love Kuduro é um festival internacional que visa promover o Kuduro e a música angolana, com especial atenção a música electrónica angolana. O principal objectivo deste projecto é promover o encontro entre artistas angolanos e o público, bem como valorizar o Kuduro como um estilo musical que mais cresce dentro e fora de Angola.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Empreendedora Elca da Conceição inaugura 2ª loja de Uniformes e Têxteis “Detop” no Centro da cidade

    Por: Nunes Hebo A navegar no mundo do empreendedorismo já há quase uma década, Elca da Conceição procedeu, nesta Sexta-feira (19), à inauguração de mais...

    Henrique Sungo e Filipe Anjos apresentam o seu novo projeto documental intitulado “Aspiracionalismo”.

    Depois de estrear na cidade de Londres, agora é a vez da cidade da Kianda receber a Santano Produções, uma produtora audiovisual do angolano...

    Fábio Hustle admite que namoraria com Malune e revela em Live que teve 14 ex-namoradas

    Por: Helder Lourenço Na noite desta quinta-feira (18), durante uma animada Live no TikTok com a participação de 3-Fine, Elisandra Elly e outros influenciadores, o...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto