Iracema Matias diz que é errôneo passar a ideia de que Soraya foi pioneira em apresentar colecção em Paris

0
115

Por: Stella Cortêz

Karina Barbosa usou as suas redes sociais para felicitar Soraya da Piedade, única estilista angolana e dos PALOP a levar as suas colecções no evento de moda que decorre no Hotel Salomon de Rothschild, classificado como monumento histórico, localizado no coração da cidade de França.

Ciente do árduo trabalho que tem prestado no mercado da moda nacional e internacional, porém, feliz pelo brilhante caminho que os estilistas têm percorrido nos variados eventos realizados internacionalmente, Iracema Matias, estilista da marca Regardemoi Couture, mostrou o seu descontentamento face a publicação de Karina Barbosa, em que alega que, pela primeira vez na história, uma criadora angolana apresenta um desfile de moda em Paris, considerando, desta feita, Soraya da Piedade como a primeira e única a representar Angola.

“Essa informação é falsa, e venho contestar, pois Angola já foi representada em Paris e outras regiões de França por outros estilistas em grandes eventos africanos e de dimensão internacional que merecem todo respeito e consideração. Tenho trabalhado arduamente para o progresso da moda em Angola e no exterior e já levei as minhas colecções por três vezes em França, sendo: Cannes Fashion Awards ( onde recebi o prémio de melhor Estilista), África Fashion Réception, organizado pela Unesco e Black Fashion Paris”, disse.

A estilista continuou esclarecendo que, Karina Barbosa, produtora do Moda Luanda, tem conhecimento de todos os feitos acima mencionados visto que nas edições do Moda Luanda, os estilistas enviam a bibliografia, sendo este um dos critérios para participar no referido evento de moda, sublinhando que esta atitude leva a entender a falta de respeito e consideração pelo trabalho dos demais estilistas, que com muito esfoço levantaram a bandeira de Angola em Paris, como: We Rock, Tekassala, Iracema Matias Lepinay e muitos outros.

“A história de Angola fizemos todos juntos, claro que não é nada contra a Soraya da Piedade, a qual tenho uma relação amigável de colegas e aproveito para parabenizar o seu trabalho e empenho em prol da moda Angolana. Só venho chamar atenção à Karina Barbosa para falar com verdade quando se referir da moda angolana, porque todos nós fazemos parte. Viva a moda Angolana.”

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments