- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    Isabel Guialo, Natália Bernardo e Cristina Branco entre as melhores do andebol

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Diário Olímpico By Pura acompanha os atletas olímpicos angolanos Isabel Guialo, um dos destaques da selecção nacional, é a sétima melhor marcadora do torneio olímpico de andebol Rio 2016, à entrada dos quartos de final, hoje na Arena do Futuro.

    Marcadora de serviço dos livres de sete metros de Angola, a número 90, em cinco jogos apontou 29 golos em 55 tentativas. Na lista encabeçada pela romena Cristina Neagu, com 44 golos em 79 remates.

    Além disso, foi autora de 99,9 por cento dos livres de sete metros de Angola e em 20 converteu 18. Angola beneficiou de 26 e transformou em golo 19 deles. Parece que nove é um algarismo com brilho especial, visto que Natália Bernardo, envergando a camisola 9, também se destaca entre as mais eficientes, estando em 11º lugar com 23 golos em 35 tentativas.

    Também em assistências, Natália é referência no 12º lugar com 12 passos decisivos em cinco jogos, menos 13 que a líder da lista, que é uma espanhola. A mais nova das irmãs Kiala tem mais. É a 11ª melhor na estatística combinada de golos e assistências com 35 (23 golos e 12 assistências). Na 14ª posição a sua colega Isabel Guialo, enquanto a líder é romena.

    Isabel_Gaio.jpg

    A guarda-redes Cristina Branco é a segunda mais eficaz a parar livres dos sete metros, ao defender três em 11 em quatro jogos (não realizou o jogo com a Espanha). Só é superada por uma sueca que em oito anulou três.

    Cristina, que está em dúvida para os quartos-de-final por lesão, é a décima guarda-redes menos batida, com 12 defesas em 38 remates. A melhor neste capítulo é uma francesa com 33-75.  Em termos globais, após cinco jogos, Angola marcou 116 golos em 224 tentativas, concretizou 19 livres dos sete metros dos 26 que teve direito. A Isabel Guialo só falhou dois dos 20 livres dos sete metros que executou.

    A primeira fase envolveu 12 equipas divididas em dois grupos. Angola apurou-se para os quartos de final, ao terminar na quarta posição da série A. Diário Olímpico by Pura mantém-se em linha para actualizar o dia-a-dia da presença angolana no Rio 2016.

    Natalia_Bernardo.jpg

    A Pura, água oficial do Comité Olímpico Angolano, apoia esta nação de grandes feitos desportivos, de atletas que projectam o nome de Angola além fronteiras, e que são verdadeiros campeões por terem chegado ao Rio 2016. Com o movimento “Força Angola”, Pura quer unir os angolanos no apoio aos atletas olímpicos, promover e fortalecer o desporto nacional, enaltecer os feitos dos atletas, verdadeiros campeões que se entregam de alma e coração pelo seu país, e encher Angola de orgulho.

    Força Angola! Estamos juntos.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Primeira loja da marca oficial Cavalinho inaugurada em Luanda

    A marca “Cavalinho” inaugurou, nesta Quinta-feira (11), em Luanda, no Distrito Urbano do Benfica, a sua primeira loja de acessórios de moda e artigos...

    Presidente João Lourenço e Ana Dias irradiam simpatia na 10ª edição dos Prémios SIRIUS

    O Presidente João Lourenço e a Primeira Dama, Ana Dias, foram os destaques da noite durante a gala da 10ª edição dos Prémios SIRIUS....

    Reverendo angolano Paulo de Carvalho recebe certificado de Mérito pela Universidade de Oxford

    Por: Sara Rodrigues Mais um angolano a elevar o nome de Angola e a ganhar destaque lá fora. Trata-se de Paulo de Carvalho da Conceição,...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto