- Publicidade -

More

    Jéssica Pitbull: “Quando falo dos caniches nas entrevistas, refiro-me àquelas músicas que não fazem sucesso”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Stella Cortêz
    Revisão: Canga Tomás

    “Pitbull retrata a minha fúria, porque sou mesmo furiosa e muito nervosa também,” foram com estas palavras que Jéssica Pitbull, a kudurista o momento, começou a falar sobre os vários rumores que giram em torno da sua carreira artística, numa entrevista cedida ao Platinaline.

    Quem é a Jéssica Pitbull?
    Jéssica Pitbull: Sou uma pessoa normal, não digo que sou humilde, porque temos que esperar que os outros falem sobre nós.

    Porquê do nome Jéssica Pitbull?
    Jéssica Pitbull: Escolhi o nome Jéssica Pitbull porque retrata a minha fúria e o meu nervosismo. Quando falo dos caniches nas minhas entrevistas, ou nas músicas, refiro-me àqueles Kuduro que ninguém canta, dança ou, até mesmo, que não fazem sucesso em algum lugar.

    Dizem que surgiste no Kuduro não somente para cantar, mas também para vender o corpo. O que achas desta afirmação?

    Jéssica Pitbull: Amo o Kuduro, quero mostrar o meu corpo e vender a minha música também. É sabido por todos que a imagem do cantor está interligada à música. O meu principal objectivo no mercado do Kuduro é trazer, para aos amantes do estilo, tudo aquilo que os outros músicos não fizeram. Vim mostrar o meu trabalho e trazer um Kuduro de verdade.IMG_4839

    Fala-nos do beef que aconteceu recentemente no programa Sempre a Subir

    Jéssica Pitbull: Quem assistiu ao programa, viu que o apresentador deu primeiro a palavra à trouxa do roque, Própria Pi. Simplesmente a cantora em questão fez as suas brincadeiras e se dirigiu a mim. Meteu-se comigo porquê?! Eu só um Pitbull, tenho que ficar calada para mostrar que sou humilde. Desculpa, mas ser humilde não significa que devemos aceitar tudo.

    Achas adequadas as roupas que usas nas tuas apresentações em palco ?

    Jéssica Pitbull: Eu não entendo qual é a forma adequada como me devo me apresentar. Não vejo mal algum nas roupas que visto. Gosto da forma como me apresento. Não tenho culpa de ter um corpo sexy, que não permite usar calças ou vestidos largos. Não façam isso comigo por favor.

    O nome Tuga Agressiva te diz alguma coisa?

    Jéssica Pitbull: Quem é? Não conheço e nunca ouvi falar deste nome.Jessica

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Higino Carneiro Fala Para Adolescentes Sobre o Processo de Paz em Angola

    Em uma iniciativa de orientação para a nova geração de angolanos sobre a história do país, o General Higino Carneiro participou, nesta quinta-feira, 18,...

    Erica Chissapa aconselha nova geração de atores a serem insaciáveis na busca de conhecimento: “O ator não é um ser básico”

    A multifacetada Erica Chissapa ofereceu conselhos aos jovens da nova geração que estão entrando no cenário cinematográfico, incentivando-os a serem profissionais que buscam conhecimento...

    Lurdes Miranda e produtor francês unem-se em estúdio para criar hit internacional: “Deus já abençoou”

    Por: Liliana Victor Após uma tour pela América do Sul, onde passou pela terra do samba, Brasil, a influenciadora digital e cantora Lurdes Miranda teve...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto