Jogador gabonês terá de explicar como ele nasceu quatro anos após a morte de sua mãe.

0
204

Jogador gabonês é acusado de falsificar certidão de nascimento

Guélor Kanga, atleta do Estrela Vermelha, da Sérvia, precisará explicar a Federação Congolesa de Futebol como ele nasceu quatro anos depois da morte de sua mãe.

O meio-campista gabonês Guélor Kanga, atleta do Estrela Vermelha, da Sérvia, está sendo acusado de falsificar a certidão de nascimento. O atleta, de 30 anos (1° de setembro de 1990), precisará explicar a Federação Congolesa de Futebol como ele nasceu quatro anos depois da morte de sua mãe, falecida no início de 1986.

A entidade máxima do futebol congolês acusa Guélor Kanga, do Gabão, de ter nascido em 5 de outubro de 1986, não em 1° de setembro de 1990 como consta em sua certidão de nascimento, e que seu nome verdadeiro seria Kiaku Kiaku Kingana. Além disso, o meio-campista teria nascido em Kinshasa, na República Democrática do Congo.

Caso Guélor Kanga não comprove que não houve adulteração nos documentos, a Federação Congolesa de Futebol poderá sofrer sanções da FIFA, entidade máxima do futebol, por descumprir o procedimento de mudança de nacionalidade desportiva.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments