- Publicidade -

More

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A Selecção Nacional sénior feminina de andebol foi hoje, em Luanda, agraciada com viaturas “top de gama” da marca Toyota, pela conquista do 15º título africano, em Dakar, no Senegal.    

    Em cerimónia decorrida no Complexo da Cidadela, as entregas foram feitas pela ministra da Juventude e Desportos, Palmira Barbosa, o secretário de Estado da Saúde para Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio, e também para o Turismo, Hélder Marcelino.

    Na ocasião, a ministra, que falava em representação do Presidente da República, João Lourenço, afirmou que a referida acção visa reconhecer o mérito e o desempenho da selecção na luta pelas conquistas do país.   

    “Dirijo-me à vós, em nome de um líder que sabe e conhece o valor do prémio, que vem em nome da meritocracia,” referiu. Disse ser necessário continuar a trabalhar, como forma de motivar mais mulheres a liderarem projectos desportivos no país.

    Por sua vez, a capitã de equipa Isabel Guialo, em nome das demais, agradeceu o gesto e referiu ser gratificante e o reconhecimento em prol da representação da pátria em mais uma missão internacional.

    O seleccionador Vivaldo Eduardo, adiantou ser um prémio merecido por muitas mais pessoas. “Muitas são que não tiveram este privilégio e que trabalham para que o andebol tenha vitórias como a última de Dakar”, frisou.

    De forma simbólica, no local, receberam as viaturas, o técnico principal Vivaldo Eduardo, a capitã de equipa Isabel Guialo, e a MVP da competição Helena Paulo.

    Angola derrotou a 19 de Novembro último, em Dakar, a similar dos Camarões, por 29-19, vitória que lhe permitiu alcançar o 15º título continental e o apuramento para o Campeonato do Mundo, a decorrer de 30 de Novembro a 17 de Dezembro de 2023, em três países da Europa.

    A prova será co-organizada pela Noruega, Dinamarca e Suécia. Em 22 participações africanas, a selecção angolana esteve no pódio 18 vezes, das quais 15 conquistas (ouro), duas medalhas de prata e uma de bronze.

    Fazem parte da selecção, as jogadoras Teresa Almeida, Helena de Sousa, Marta Alberto (Guarda-redes) Liliane Mario, Estefânia Venâncio, Liliana Venâncio (Pivôts) Helena Paulo, Isabel Guialo, Marilia Quizelete (Centrais) Dolores Rosário, Natalia Fonseca (Pontas direito) Natália dos Santos, Marcela Tati (Ponta esquerdo).

    Também Wuta Dombaxe, Juliana Machado, Suzete Matias (Laterais direito) Stélvia Pascoal, Magda Cazanga( Laterais esquerdo).

    A equipa técnica composta por Vivaldo Eduardo (Treinador principal), Nelson Catito (Treinador adjunto), Luís Chaves (Treinador adjunto), Balaka (Médico), Graça Bandeira (Fisioterapeuta) Mauro Cassoma ( Seccionista). Oficiais Divaldo Ângelo (Coordenador) e Nair Almeida (Chefe de delegação).

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Henrique Sungo e Filipe Anjos apresentam o seu novo projeto documental intitulado “Aspiracionalismo”.

    Depois de estrear na cidade de Londres, agora é a vez da cidade da Kianda receber a Santano Produções, uma produtora audiovisual do angolano...

    Fábio Hustle admite que namoraria com Malune e revela em Live que teve 14 ex-namoradas

    Por: Helder Lourenço Na noite desta quinta-feira (18), durante uma animada Live no TikTok com a participação de 3-Fine, Elisandra Elly e outros influenciadores, o...

    Conheça Legoo, única plataforma nacional de venda de ingressos que transfere dinheiro dos promotores em 24 horas

    Criar um evento e ver o seu rendimento nunca foi tão fácil, e por esta razão, a “Legoo”, plataforma angolana lançada hoje (18) no...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto