- Publicidade -

More

    Jovem angolano finge ser milionário para participar de reality show sul africano

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Mila Stéphanie Malavoloneke

    O jovem Alexandre Fortunato, também conhecido por Alekssandre (Aleks) entre os seus, é um modelo angolano natural da província da Huíla. O jovem viveu na África do Sul durante a sua formação académica, tendo depois de terminar os estudos regressado para Angola. Recentemente, o jovem voltou às terras de Mandela, onde conseguiu rapidamente o estatuto de celebridade ao estrear-se num reality show do canal da DSTV #VEntertainment, intitulado: “Rich kids”, a tradução literária lê: “Meninos Ricos”. Segundo a mídia Sul africana, Aleks forjou ser milionário e viveu de aparências para participar do reality show e deste modo conquistar a tāo aclamada fama.

    De acordo com uma entrevista que deu ao portal platina Line (no dia 17 de Abril) às vésperas do lançamento do show, Alekssandre disse que “Rich Kids”: “ é uma série reality que segue a vida dos jovens mais afortunados da África do Sul em termos financeiros, sociais e carreira bem sucedida”.

    O seu primeiro episódio foi ao ar duas semanas depois da entrevista à PL, a sua figura irreverente e carisma natural fez com que instantâneamente ele se tornasse numa das personagens favoritas do seriado, tendo ficado principalmente conhecido por esbanjar bastante dinheiro em marcas caras e por ostentar em festas de luxo.

    Num dos episódios Aleks disse: “ Eu quis comprar Gucci [hoje] mas a loja da Gucci está em promoção não se vai à Gucci quando está em promoção”.

    Mas mesmo apesar de ter tornado a sua marca o elemento “choque”, no episódio da passada Quinta-feira (7 de Maio), o jovem angolano surpreendeu os telespectadores ao gastar R 300 000 (Trezentos Mil Randes) equivalente a $ 30 000 (Trinta Mil USD) em 15 minutos, numa loja de roupas. Esta atitude deixou muitos internautas indignados:

    “Existe algum motivo para estares a gastar dinheiro desta forma?? O que tentas provar à sociedade… a pior parte [disso tudo] é que a maior parte da população do teu país, Angola, vive abaixo da linha de pobreza.” desabafou uma, entre as dezenas de internautas nas redes sociais minutos após o episódio ter ido ao ar.

    A “fortuna” misteriosa do jovem angolano fez com que muitas pessoas (angolanas e sul africanas) questionassem o que é que o jovem faz para ganhar tanto dinheiro e tê-lo completamente à sua disponibilidade, a resposta foi dada horas depois pelo conceituado jornal sul africano “Times Live”, NADA! O jovem angolano não faz nada que o permita ganhar milhões, ele é uma fraude.

    Segundo a publicação do jornal, uma telespectadora foi pega “com as calças na mão” ao ver-se num dos episódios do reality. Andy Dlamini alegou no twitter que Alekssandre chegou à casa de um amigo dela com uma equipe de filmagem e pediu-lhes para participar, mas insiste que eles retiraram o consentimento antes do show ir para o ar.

    “ Dias depois da gravação vimos um spot publicitário onde a Alekssandre aparecia a “tchilar” (divertir-se) na casa do Andre, como se fosse dele, então eu, o Andre e a Lesang concordamos que iríamos falar com o Aleks e pedir para que ele retirasse o nosso consentimento pois não queríamos fazer parte de uma farsa, mas descobrimos que o Aleks forjou o nosso consentimento e o episódio foi para o ar mesmo assim”.

    Alekssandre usou a mesma plataforma para se defender:

    “Por favor eu imploro, mostrem-me o momento em que eu disse que aquela casa era minha ou dos meus pais. Mesmo na entrevista com a Vuzu Entertainment, eu não disse que era rico mas que era uma pessoa que trabalhava arduamente e era rico por dentro”.

    Dale Herbst que trabalha para a produtora, “Something Cool” , responsável pelo reality, também usou o twitter para contar a sua versão da história: “Fizemos toda a vistoria possível mas infelizmente não podemos investigar tudo. Trabalhamos muito para fazer este show mas infelizmente nāo podemos prever certas mentiras… ser enganado desta forma não é fácil, os nossos advogados estão a cuidar do assunto”.

    A Rede televisiva imitiu igualmente o seguinte comunicado:

    Estamos cientes dos comentários em torno de reality show do Vuzu AMP , Rich Kids . Estamos actualmente a colaborar com todas as partes envolvidas para estabelecer a veracidade das alegações feitas . Nesse meio tempo temos tomado medidas para garantir que o episódio em questão não seja repetido. A M -Net está comprometida em trazer aos espectadores o melhor em conteúdo local. Qualquer alegação dessa natureza é levada a sério e se qualquer casa de produção agiu injustamente,a M -Net não hesitará em tomar todas as medidas eventualmente necessárias , que poderão incluir a anulação da produção.

    De acordo com os internautas sul africanos a revelação de que o jovem angolano não é rico explica algumas coisas, como por exemplo: o facto de conseguir gastar 30 000$ em frente às câmeras a fazer compras “básicas” mas não ter dinheiro para pagar o depósito de um carro. Aliás quando questionado sobre a razāo pela qual nāo tem um carro, Aleks respondeu da seguinte maneira: “A única forma de atrair o que realmente quero conduzir é recusando-me a tocar ou conduzir qualquer volante que nāo seja aquele de um Bugatti, Lamborghini e Maserati”

    E com mais esta novela, a pergunta que nāo quer calar é: até que ponto vai a ilusão juvenil e vale a pena manter as aparências para conseguir o estatuto de celebridade?

    A revista JdB tentou de todas as formas, mas sem sucesso, contactar o jovem Alekssandre.

    Fonte: Jovensdabanda.co.ao

    1.jpg4.png

    3.png

     

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Banco Bic abre inscrições para o crescer juntos e homenageia empresas co-investidoras

    O Banco BIC abriu nesta segunda-feira, 17 de Junho, as inscrições deste ano para ONGs, Fundações e Associações que necessitam de recursos financeiros e...

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola É com imenso prazer que anunciamos a nossa...

    Jornalista Dalila Prata destaca-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt (Alemanha)

    Por: Luizão Cabulo A jornalista angolana Dalila Prata destacou-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt, Alemanha, representando Angola e a "TPA online"...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto