- Publicidade -

More

    Jovem angolano Flávio Barros cria dicionário digital em línguas nacionais

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Com o objectivo de promover a educação e o intercâmbio cultural através das múltiplas línguas nacionais faladas em Angola, o jovem angolano, natural de Cabinda, conhecido por Flávio Barros, desenvolveu um dicionário de línguas nacionais. Flávio Barros acredita que um bom patriota passa também pelo conhecimento das línguas locais para elevação da identidade de cada povo. “Percebi a necessidade face ao contexto actual que se vive no nosso país, em questões de identidade, juntei a forte paixão pelo empoderamento cultural e linguístico dos angolanos e, felizmente, obtivemos bom resultado”, disse.

    Tudo começou em Julho de 2020, quando o jovem cabindense, porém, residente na África do Sul, associou-se ao padre José Silvino Sambo Mazunga, um dos grandes escritores da cultura do povo de Cabinda, e fizeram o lançamento do Dicionário Digital “IBINDA”, que bateu o record de mais de 400 downloads em apenas uma semana, facto que levou o jovem programador a continuar com o desenvolvimento do projecto, acrescentando mais funcionalidades como a gramática, questionários interactivos, e-commerce e muito mais.

    IBINDA ou simplesmente Fyote, que é o dialeto falado na província de Cabinda, em quatro meses após o seu lançamento, teve mais de 1000 downloads para dispositivos androids e 500 para marcas de sistema IOS.

    Flávio Barros falou também que a sua principal motivação tem sido a escassez de conteúdo escrito em língua nacional gerado pelo desinteresse das pessoas em saber mais sobre Angola, e garante, seguramente, que continuará a emancipar a cultura local. “Acredito que as tecnologias de informação têm potencial para transformar o nosso contexto cultural, estou a me preparar para expandir o projecto em outras línguas nacionais existentes para, de forma disruptiva e inovadora, promover e defender nosso património cultural”, finalizou.

    Recorde-se que em Angola existem oito principais línguas nacionais, sendo elas o UMBUNDU, KIMBUNDU, KIKONGO, FYOTE/IBINDA, N’GANGUELA, NHANEKA, HUMBI, TCHOKWE E KWANHAMA, faladas pelas respectivas etnias, e têm dialectos correspondentes aos subgrupos étnicos

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Proposta de Lei dos Crimes de Vandalismo de Bens e Serviços Públicos – Quem destruir património pode ir 15 anos para a cadeia

    O Conselho de Ministros de Angola, reunido sob a orientação do Presidente João Lourenço, examinou três propostas de lei destinadas à Assembleia Nacional. Em...

    Ministro da Cultura de Angola e Maria Borges Buscam Parcerias Internacionais para Música Angolana”

    O Ministro da Cultura, Filipe Silvino de Pina Zau, recebeu em seu gabinete a renomada modelo internacional Maria Borges, que também exerce o cargo...

    JEO MC estreia-se como atleta de MMA e sagra-se campeã nacional

    Por: Helder Lourenço A gladiadora dos Reis de Rompimento Primeira Liga (RRPL), Jeorgina Ludmila, conhecida nas lides artísticas como Jeo MC, estreou-se como atleta de...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto