Kim Kardashian fez pedido em tribunal de maneira que seja reconhecida, legalmente como solteira.

0
353

“Não há forma de recuperar o nosso casamento. O Kanye não concorda”

Kim Kardashian fez um novo pedido no tribunal, nesta quarta-feira, 23 de fevereiro, de maneira a que o seu casamento com Kanye West seja dado como terminado a nível legal.

Em documentos judiciais, aos quais a revista People teve acesso, a empresária nota que o rapper tem feito de tudo para impedir que o divórcio seja aceite.

“Desde que entrou com o divórcio, o Sr. West, com as suas ações, deixou bem claro que não aceita que a parte matrimonial tenha acabado”, lê-se.

A Kardashian, através da sua equipa legal, alega que adiar o divórcio “apenas irá criar mais tensão e ansiedade”, acusando o artista de tentar alterar o que ficou estabelecido num acordo pré-nupcial.

Kim fez ainda questão de escrever uma declaração pessoal dirigida ao juiz.

“O Kanye tem espalhado muitas informações erradas sobre assuntos privados da nossa família e da educação das crianças nas redes sociais, criando um sofrimento emocional. Acredito que o tribunal, ao terminar com o nosso estatuto matrimonial, irá ajudar o Kanye a aceitar que o nosso relacionamento conjugal terminou e a seguir em frente num melhor caminho, no qual irá participar, pacificamente,  na educação dos nossos filhos”, contou.

“Apesar de desejar que o nosso casamento tivesse dado certo, cheguei à conclusão que não há forma de recuperá-lo. O Kanye não concorda, mas pelo menos percebeu que eu queria acabar com o nosso casamento, mesmo que ele não quisesse. Peço ao tribunal que me volte a dar o estado civil de solteira para que possa começar o processo de cura, assim como a minha família, e encerrar este capítulo das nossas vidas”, completou.

De notar que Kim e Kanye estiveram casados durante quase sete anos. Em comum têm quatro filhos – North, de oito anos, Saint, de seis, Chicago, de quatro, e Psalm, de dois.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments