- Publicidade -

More

    Kizua Gourgel diz que aceitaria ser Ministro da Cultura caso os Ministérios fossem independentes para execução dos planos

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O músico angolano Kizua Gourgel, atualmente residente em Portugal, concedeu recentemente uma entrevista ao Platinaline, onde abordou diversos temas, desde música até política. De forma incisiva, afirmou que aceitaria ser Ministro da Cultura se fosse garantida a independência dos Ministérios para executarem seus planos.

    Segundo Kizua, a condição fundamental para aceitar o cargo seria a autonomia para implementar planos capazes de transformar a cultura angolana. Ele destacou que, atualmente, os Ministros acabam por seguir as diretrizes do Presidente da República, o que limita sua capacidade de decisão e a implementação de seus projetos.

    O músico enfatizou a importância de servir o país com autonomia e capacidade de implementação, deixando claro que qualquer convite para assumir um cargo ministerial deve ser encarado como uma oportunidade para servir o país e implementar mudanças significativas.

    Por: Luzingamu André

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Figuras públicas mostram-se tristes pela não convocação de Bastos Kissanga nos jogos contra Eswatini e Camarões

    Depois de conhecida a lista final de convocados do técnico Pedro Gonçalves para os próximos jogos de qualificação ao Campeonato do Mundo 2026, a...

    Santo Cézar Revela Renda Mensal de Fotógrafo Profissional: “Um Milhão por Mês”

    Por: Liliana Victor Durante o programa Dia Alegre na Platina FM, o fotógrafo Santo Cézar compartilhou detalhes sobre a realidade da fotografia em Angola, revelando...

    Malunne revela interesse amoroso por um artista da nova geração: “A pessoa sabe, falamos com frequência”

    Por: Sara Rodrigues Ao que tudo indica, a menina cresceu e está de olhos em um músico da nova geração. Sem muitos detalhes adicionais, a mais...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto