- Publicidade -

More

    Lurhany diz que já sofreu preconceito por ter cabelo comprido 

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Liliana Victor 

    Ter cabelo cumprido é, muitas vezes, das maiores dificuldades que os rapazes enfrentam quando se dirigem a uma instituição pública ou privada. Entretanto, o rapper angolano Lurhany admitiu já ter sofrido preconceito por possuir cabelo comprido ao tratar algum documento pessoal. 

    Em entrevista ao PLATINALINE, Lurhany fez menção do tabu que a sociedade ainda tem quando vejam algum homem com cabelos alongados. 

    “Acontece que aqui ainda temos algumas instituições que têm algum tabu com pessoas que criam cabelo, que tenham o cabelo a cima da média ou do padrão que eles escolheram. Tive dificuldades de tratar alguns documentos simplesmente pelo facto dessas pessoas terem preconceito por pessoas que criam cabelo”, contou. 

    O autor dos hits “Estou na moda”, “Tamu aqui” e o mais recente “Faz um coro” referiu que atitudes ou pensamentos do género já deviam ter sido ultrapassados nos dias de hoje.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Micklate, a grande vencedora do 40º Elite Model Look World Final

    Depois de 5 dias de avaliação intensa para a 40ª edição do mais prestigiado concurso internacional de modelos, em Praga, MICKLATE MACOBOLA triunfou, destacou-se...

    NOSSA Seguros é a primeira seguradora a receber o selo Feito em Angola

    A NOSSA Seguros tem a honra de ser a primeira seguradora a receber o selo "Feito em Angola", uma certificação que reconhece o compromisso...

    BAI apresenta soluções de financiamento às Pequenas e Médias Empresas

    O BAI – Banco Angolano de Investimentos S.A., em parceria com a Associação Industrial de Angola (AIA), realiza em todo o país, durante o...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto