Mister Angola 2012 fala sobre Sobre a união entre pessoas do mesmo sexo

0
160

 

O Mister Angola , 2012  conta ja com com quase 12 dias de mandato e tendo ja  dado  início às suas actividades sociais.

O jovem Samuel Mapinda, natural de Saurimo, província da Lunda-Sul, 23 anos, foi eleito no Mês de Maio  como o Mister Angola 2012.

A gala de eleição que foi pela primeira vez organizada pela agência de modelos angolana Hadja Models tem merecido os mais variados elogios vindos de várias pessoas e organizações que se mostraram surpresas com tamanha inovação do concurso com a nova empresa a quem foi entregue à organização do mesmo.

Depois de 2 meses de preparação com os 14 concorrentes Samuel foi o grande vencedor e dá agora início a um programa de actividades que começou no domingo, dia 27, logo a seguir a sua eleição.

Em entrevista exclusiva a Platina Line para espaço Grande entrevista Unitel , o Mister Angola falou   Sobre a união entre pessoas do mesmo sexo e adopção de crianças por casais homossexuais.

“Não sou contra. Penso que todo o ser humano é livre de fazer escolhas. Na base de todo o respeito humano penso que está a liberdade de escolha. Sabermos respeitar o espaço e opções dos outros é fundamental.  Se esse casal tiver estabilidade mental e condições para proporcionar a essa criança uma vida melhor porque não?! Qualquer criança precisa de um lar. E quando falo de lares não me refiro a lares de acolhimento mas sim a um Lar no real sentido da palavra. Um lar onde exista amor, carinho, cumplicidade, solidariedade, preocupação de uns com os outros, um lar familiar. Nada, nem instituição nenhuma jamais será capaz de repor a importância que um lar tem na vida de uma criança. Se um casal homossexual conseguir passar isso a uma criança então porque não?! É menos uma criança que crescerá com necessidades e que viverá longe das carências e necessidades que tenho presenciado nos lares de acolhimento um pouco por todo o país.”

 

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui