- Publicidade -

More

    Pesquisadores conseguem hackear o iPhone em 6 minutos

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Vídeo mostra que o aparelho é vulnerável e dá acesso às informações pessoais, mesmo quando bloqueado por senha.

     

     

    Pesquisadores alemães doInstituto Fraunhofer de Tecnologia da Informação Segura (SIT) conseguiram hackear o sistema operacional da Apple, o iOS, em menos de seis minutos.

    pesquisa queria mostrar que as senhas do iPhone não são seguras o suficiente e, por isso, o usuário que perdeu o aparelho pode ter suas informações acessadas, mesmo que o sistema esteja protegido por senha.

    Os pesquisadores também conseguiram hackear todas as senhas que já tinham sido armazenadas no smartphone, acessando os dados pessoais do usuário e até contas bancárias.

    Eles ainda descobriram que os hackers, ao remover o cartão SIM do iPhone, podem ter acesso às senhas de email e códigos das redes VPN corporativas, o que representa um sério risco para as empresas.

    O Instituto sugere que qualquer pessoa que tenha perdido seu iPhone deva mudar suas senhas imediatamente.

    No vídeo abaixo, dá para ver como conseguiram hackear o aparelho em menos de seis minutos.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Restos mortais de Ângelo Victoriano repousam na Santa Ana

    Os restos mortais do antigo basquetebolista Ângelo Victoriano repousam, desde hoje, quarta-feira, no cemitério do Santa Ana, em Luanda. Ângelo Victoriano, o segundo angolano a...

    Coca-Cola e Química Verde levam água potável à província do Bengo com Biofiltros

    Por Sara Rodrigues Fotógrafo: Joaquim Manuel A Coca-Cola, em parceria com a Química Verde, implementou nesta quarta-feira, 17 de abril, uma iniciativa para proporcionar água potável...

    “O mundo não aprecia coitados nem perdedores”, diz Teresa Sara

    A atual Miss Angola Internacional, Teresa Sara, deixou um conselho para as jovens que a veem como modelo. Em sua abordagem, aconselhou-as a lutar...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto