- Publicidade -

More

    Na Áustria: Angolana é eleita vereadora

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A angolana Ângela de Sousa Simões Krainer, naturalizada austríaca, foi confirmada, na quarta-feira, Membro da Assembleia da freguesia de Mariahilf, pelo partido Social Democrata (SPO), depois do sufrágio realizado no dia 11 deste mês.

    Num contacto via online, Ângela confirmou ao Jornal de Angola, dizendo que “agora é oficial”: “fui eleita membro da assembleia da freguesia de Mariahilf pelo partido Social Democrata (SPO). Com a eleição, a angolana espera, nos próximos cinco anos, poder interagir como conselheira na representação do SPO, neste distrito, do município de Viena de Áustria.

    “Agradeço ao presidente do meu partido pela confiança, encorajamento e empenho. Para os mwangolés, em especial à minha família na Vila Alice, o meu abraço caloroso. Estarão sempre no meu coração”, disse.

    Mulher de “garra” e cheia de ambições, a jovem considerou a sua vitória o início de uma longa batalha que tem pela frente, cujos objectivos prefere guardar em segredo. “Tenho ambições a atingir, mas primeiro tenho que trabalhar”.

    Com a conquista de 37% dos votos, o partido Social Democrata foi o mais votado nas autarquias do dia 11, ao alcançar 16 assentos, dos 40 que estiveram em disputa. Seguiu-se o GRUE com 13 assentos. Outros partidos, como o OEVP, o NEOS, LINKS e o EPOE, repartiram entre si os votos remanescentes: seis, três e um assento, respectivamente.

    Depois da vitória, Ângela Simões Krainer, que foi a número 14 na lista do seu partido, tem já uma mão cheia de projectos sociais e desportivos, que pretende executar durante os cinco anos de mandato.

    A sua prioridade recai para as mães solteiras e esclarece que existem muitas mãos solteiras que enfrentam grandes dificuldades para arrendar uma casa. “O custo de vida na Áustria é tão elevado que, em muitos casos, uma só pessoa não consegue pagar a renda de uma moradia”.

    Angela Kreiner promete trabalhar com as mulheres solteiras e com instituições que interagem à volta deste seguimento, com vista a encontrar forma de reduzir os preços do arrendamento de residência.

    Reconhece que não será uma batalha nada fácil, mas disse que, pelo menos, vai trabalhar neste sentido. “Considero possível uma inversão do quadro actual a favor deste seguimento social”.

    Outras das preocupações que afligem Ângela Krainer incidem sobre a excessiva dependência que os jovens de agora têm em relação ao uso de telemóveis e os computadores que, na sua opinião, concorrem para os comportamentos desviantes, que muitos destes assumem.

    A angolana acha possível a inversão deste quadro, com a realização de campanhas desportivas que pretende realizar durante o mandato. “Acho que com um bom trabalho, o desporto pode ajudar a moldar, despertando a atenção destes jovens para uma vida saudável, sem as dependências dos telefones e computadores”, concluiu.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Casal presidencial passeia pelas dunas do Parque Nacional do Iona

         O Presidente da República andou de moto nas dunas do Parque Nacional do Iona. Um momento de descontracção com o qual lançou um...

    TAAG põe fim a acordo com Hi-Fly e volta a assegurar na totalidade voos Luanda-Lisboa

    No seguimento do plano de manutenção e recuperação da frota e, no sentido de responder melhor às necessidades do mercado e a estratégia de...

    Hildebrando de Melo na 15º Bienal de Havana em Cuba

    A 15ª Bienal de Havana, que ocorrerá de 15 de novembro de 2024 a 28 de fevereiro de 2025, contará com a presença do...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto