- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    “Não foi a primeira vez que cantei para o Presidente João Lourenço”, diz Paulo Flores após crítica de internautas

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Nunes Hebo

    Após críticas de internautas, resultado da sua presença no evento realizado no último fim-de-semana, em Portugal, que reuniu o Presidente da República e os angolanos residentes na diáspora, o respeitado músico angolano Paulo Flores usou as suas redes sociais, nesta Segunda-feira (29), para esclarecer que não é a primeira vez que canta para o Presidente João Lourenço.

    Na mensagem, Paulo Flores disse querer lembrar que não foi a primeira vez que canta para o Chefe de Estado angolano. “Queria lembrar que não foi a primeira vez que cantei para o Presidente João Lourenço, como cantei várias vezes para o presidente José Eduardo dos Santos”, começou por dizer.

    Mais adiante, o artista deixou claro que o facto de participar do evento e cantar não o fez deixar de ser independente nas suas posições. “Não foi por isso que deixei de ser mais ou menos independente nas minhas posições em defesa dos que realmente sofrem em Angola.

    Não sou contra nada nem nunca fui, sou é a favor de uma Angola melhor e mais inclusiva para todos e assim continuarei a ser e a pensar”, disse e terminou agradecendo o apoio de todos. Refira-se que, para além de Paulo Flores, também estiveram presentes no evento várias outras figuras angolanas como Barceló de Carvalho “Bonga”, Yola Semedo, Té Macedo, Edy Tussa, Edmásia Mayembe, Matias Damásio e o jornalista Victor Hugo Mendes.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Nelo Jazz lamenta falta de programas educativos na TV: “Não há nenhum programa de educação”

    O veterano ator Nelo Jazz, conhecido pela sua inesquecível interpretação como Papá Ngulo, lamentou recentemente a ausência de programas educativos na televisão, especialmente no...

    Desconhecimento do limite de 16 km para pagamento de 200 Kz nos táxis gera controvérsia entre taxistas e passageiros

    Por: Ernesto Jaime  A recente decisão do Ministério dos Transportes de ajustar a tarifa dos táxis para 200 Kwanzas para um limite de 16 km...

    Dog Murras reflecte sobre nova estratégia de marketing de artistas: “… nossa sociedade está doente”

    Por: Nunes Hebo A tendência de alguns artistas criarem situações antes do lançamento de um projecto parece estar longe de terminar, pois, na medida que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto