- Publicidade -

More

    Nove anos após morte de Própria Lixa, Limas do Swagg diz que ficou com problemas psicológicos

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    “Eu fiquei um tempo adoentado”

    Nove anos após a morte da cantora angolana Própria Lixa, Limas do Swagg, irmão da mesma, revelou em entrevista exclusiva ao PLATINA FM, nesta Sexta-feira, que o passamento físico da sua irmã causou-lhe muitas debilidades quer a nível pessoal como profissional, e deu a conhecer que ficou com problemas psicológicos.

    “A morte da minha irmã criou-me problemas psicológicos, eu fiquei um tempo adoentado, já não queria cantar, até agora ainda tenho esta mágoa quando tenho que colocar o pé no estúdio, sinto que estou a ir sozinho, não está a minha irmã para me orientar como deve ser feito… Falar deste assunto até me deixa arrepiado… A Lixa, sempre foi uma ponte para mim, sempre foi um escudo, sempre fui o menino dos olhos dela, porque tudo o quanto era abertura, ela não me deixava de parte e eu sentia-me a crescer, a morte da minha irmã criou-me debilidade profissional, houve momentos que tive que recuar”, desabafou.

    Bastante emocionado, o músico lembrou-se dos ensinamentos passados pela sua irmã, enquanto em vida, e disse que no acto fúnebre de Própria Lixa, ele viu pessoas a festejarem a morte da eterna cantora angolana.

    “Eu aprendi com ela que nesse mundo não se confia em ninguém, que o mundo da fama é de muita falsidade… Eu vi pessoas a festejarem a morte da minha irmã ao invés de chorarem… É isso que aprendi com ela… Felizmente aprendi. A Lixa morreu em físico, mas ela vive na minha memória, ela vive na memória de muita gente, falar dela, levanta-me uma dor no coração, uma tristeza… Quando eu falo da Lixa, consigo lembrar o rosto dela, consigo vê-la diante de mim, isso deixa-me… sei lá”, terminou aos prantos Limas do Swagg.

    Por: Sara Rodrigues

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Banco Bic abre inscrições para o crescer juntos e homenageia empresas co-investidoras

    O Banco BIC abriu nesta segunda-feira, 17 de Junho, as inscrições deste ano para ONGs, Fundações e Associações que necessitam de recursos financeiros e...

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola É com imenso prazer que anunciamos a nossa...

    Jornalista Dalila Prata destaca-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt (Alemanha)

    Por: Luizão Cabulo A jornalista angolana Dalila Prata destacou-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt, Alemanha, representando Angola e a "TPA online"...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto