- Publicidade -

More

    Oficiais e Técnicos de Justiça voltam à greve após silêncio do Conselho Superior da Magistratura Judicial e PGR

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Os Oficiais e Técnicos de Justiça vão voltar à greve, a partir de 20 de Março, para reivindicar os seus direitos fundamentais, depois da 1.ª fase da greve em Novembro de 2022, e da Marcha Pacífica de 18 de Fevereiro de 2023, contra o silêncio dos órgãos representantes da entidade patronal (Conselho Superior da Magistratura Judicial e a PGR).

    Conforme um comunicado, que chegou à redacção do PLATINALINE, o Sindicato refere que, por serem os direitos fundamentais (a greve e a manifestação), a classe vai voltar a decretar greve, depois de já se ter cumprido o primeiro em Novembro último e sem sucesso, em termos de concretizações dos distintos cadernos reivindicativos.

    O documento avança que, nos termos e por força do nº 1 do artigo 51 da Constituição da República de Angola, conjugado pelas disposições vertidas nº 1 e 2 do artigo 10º da Lei nº 23/91, de 15 de Junho – Lei da greve, os Oficiais e Técnicos de Justiça decidiram avançar com a 2.ª fase da greve a nível nacional, sem os serviços mínimos, por tempo determinado, durante 15 dias, isto nos dias 20 de Março a 12 de Abril.

    Segundo o comunicado, a segunda fase da greve entrará em vigor no dia 20 de Março, pelas 8 horas, todavia, apela à maior urbanidade e sensibilização de todos e para todos os filiados.

    Por: Augusto Hossi

    Share this
    Tags

    A Bombar

    4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra” reconhece 28 profissionais em diferentes áreas de actuação

    Os Prémios “Tigra Nova Garra” já fazem parte da agenda dos grandes eventos anuais que reconhecem talento, criatividade, esforço e compromisso social dos jovens...

    “Delero King cobra Taxa de 1 Milhão de Kz por Participação Musical”

    Na terça-feira, (23), teve lugar em Luanda a conferência de imprensa para anunciar os vencedores da 4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra”, uma...

    Miguel Neto declara que denominação “música folclórica” é pejorativa para Angola e defende o termo “tradicional”

    O jornalista angolano Miguel Neto declarou, nesta Segunda-feira (22), durante a rubrica "Momento Cultural" do programa A Tarde é Nossa da TV Zimbo, que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto