- Publicidade -

More

    OG Vuino critica investimento de 85 milhões dólares destinados à construção de um palácio de música e do teatro

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Stella Cortêz

    Por intermédio de uma publicação na sua página do Instagram, OG Vuino manifestou o seu descontentamento ao governo angolano em investir cerca de 85 milhões destinados à construção de um palácio de música e teatro. Igualmente, o rapper da Old School incentivou os artistas do sector a criarem projectos a fim de se favorecerem do mesmo.

    Com imagens e vídeos dos cines Miramar, Atlântico e igualmente a praça de touros de Luanda “Tourada”, lugares que em outros tempos serviram para albergar eventos culturais realizados na cidade capital, OG começou por questionar a veracidade do dossier que espelha a informação acima mencionada, frisando que ao ser verdade tal informação, com 85 milhões de USD dá para fazer dezoito estúdios comunitários um em cada província.

    “Com sala de aulas para formar criativos que vão contribuir com impostos para o país, com museu da nossa música, com sala de espectáculos, com regras e estatutos que cobre e pague os nossos direitos autorais para deixarmos de ser uma classe pedinte. Ainda agora temos um irmão artista que todos amamos que se tivesse um seguro de saúde e consultas regulares não estava numa cama de hospital estava no palco a segurar as pessoas enquanto vocês fazem campanha política”, escreveu o artista.

    Para saber se de facto os dirigentes e entidades olham para o sector cultural com elevada estima e consideração, OG Vuino desafiou os partidos políticos a fazerem comícios populares sem música, sem músicos, sem animadores culturais ou sem DJ’s.

    “E nós queremos pôr 85 milhões de USD num só lugar? Quando não temos uma só sala digna de espectáculos em Angola? Que cultura afinal queremos? Que sentido devemos afinal caminhar? Ouviram quem da classe baseado em que factos?!”, questionou o rapper, solicitando de forma pública a quem de direito que ouça dos profissionais antes de fazer investimento do género.

    “Pedimos um fundo e sabemos que há muitos perdidos onde possamos de forma organizada contemplar toda classe. E quando eu falo de classe não é só dos cantores nós somos muitos mais, inclusive, arrisco dizer somos graus de areia que fazem dunas na economia nacional”.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto