- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    Ondjaki vence prémio brasileiro de literatura para crianças e jovens

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O livro A Bicicleta Que Tinha Bigodes, do autor angolano Ondjaki, foi escolhido pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil brasileira como o melhor título destinado a crianças e jovens, relativo a 2012. Esta obra já tinha sido distinguida em Portugal com o Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância.

    ondjaki

    Ondjaki ficou satisfeito com esta nova distinção vinda do Brasil. “Fico contente. Por mim e por Angola. Ainda vivo essa fase de que partilho os meus prémios com o meu país ou com as crianças do meu país. É a segunda vez que sou distinguido com este prémio, e a emoção é a mesma. Emoção e honra. É bonito ver um livro angolano chegar a outras culturas”, disse ao PÚBLICO via email, a partir de Angola.  

    A história parte da ideia de um concurso da Rádio Angola que iria oferecer uma bicicleta à criança que escrevesse a melhor redacção. “Mas isso é só uma desculpa”, disse o autor ao programa Ler+, Ler Melhor no início do ano passado (http://www.youtube.com/watch?v=XUUW7Fs9R8o). “A história é sobre a fantasia, a amizade e o acto da escrita”, acrescentou. São três crianças da mesma rua que procuram “o tio Rui” para as ajudar a redigir os textos para o concurso. Ele “é escritor e inventa estórias e poemas que até chegam a outros países muito internacionais”. Os bigodes da bicicleta (o guiador) fazem mesmo lembrar os dele.

    Uma das crianças confessa às outras que não conseguiu fazer a redacção, mas escreveu uma carta. E levou-a à Rádio Angola. Ondjaki foca-se mais na busca do objectivo do que no sucesso. Por isso, quando fala na história, diz que as crianças ao longo do livro “vão desconseguindo”. Mas não se pense que é uma narrativa triste. O autor descreve-a assim: “É feliz, bonita, em torno da amizade, da criatividade. E não só entre as crianças, mas entre as crianças e os mais velhos.”

    Ainda que haja universos comuns entre a sua infância e aqueles que busca nos seus trabalhos, este livro, diz o autor, é “o menos autobiográfico”. Mesmo se na sua própria história há uma rua de Angola, três crianças, uma avó, um escritor. “Eu vi tudo isso.”

    No final, uma dedicatória: “O corpo deste texto é um abraço de amizade e de saudade: ao Luís Bernardo Honwana – esta minha Isaura é em homenagem à tua…; obrigado pela tua voz, pelo Cão Tinhoso, pelos olhos da tua Isaura; e ao Manuel Rui – tu sabes: (quase) todos nós, dos anos 80, somos um pouco a ficção e a realidade do teu Quem me Dera Ser Onda; obrigado pelo teu olhar também, em voz de contar e de dizer as nossas brincadeiras de rua, mais as estigas nas bermas da nossa língua toda desportuguesa…”

    A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil é a secção brasileira do International Board for Young People (IBBY) e atribui prémios desde 1975. O autor já tinha sido distinguido em 2010 na categoria romance, com Avó Dezanove e o Segredo do Soviético, também editado pela Caminho. “É um prémio de prestígio. Há uma comissão muito diversificada de leitura e avaliação. E são pessoas muito generosas que o fazem voluntariosamente”, escreveu Ondjaki na noite de quarta-feira.

    Na categoria escritor revelação, a fundação distinguiu a escritora Tatiana Salem Levy, brasileira de ascendência portuguesa, que publicou o livro Curupira Pirapora, com ilustração e trabalho gráfico de Vera Tavares.

    O livro, que remete para o folclore nacional brasileiro, recuperando a figura do Curupira – protector das florestas brasileiras –, foi editado em 2012 pela Tinta da China.

    Publico.pt – LUSA, Rita pimenta
    Share this
    Tags

    A Bombar

    Angola Chora a Perda do Ícone do Basquetebol, Ângelo Victoriano

    Hoje, sábado, Luanda acorda envolta em tristeza pela partida do antigo capitão da Selecção Nacional de Basquetebol, Ângelo Victoriano, aos 55 anos, vítima de...

    Kwenda Magic estreia talent show nacional “O Caça-Talentos”

    O canal de televisão da DStv Kwenda Magic estreia no próximo dia 14 de abril, um novo programa na sua grelha, um talent show...

    Unitel junta-se ao Programa de Estágio Profissional do INEFOP

    INEFOP e a UNITEL oficializaram a parceria estratégica por via da assinatura do Memorando de Entendimento para a promoção do desenvolvimento profissional dos jovens...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto