- Publicidade -
InícioGeralOs limites do Kaysar Dadour "No Limite"

Os limites do Kaysar Dadour “No Limite”

- Publicidade -
Após receber cinco votos, actor sírio deixou o reality na noite de ontem (13)
Um dos favoritos nas redes sociais e admirado pela sua força e resistência nas provas, Kaysar foi o escolhido pela tribo Jandaia para deixar o ‘No Limite’ na noite desta terça (13). Logo no primeiro Portal após a junção das tribos, o actor sírio foi alvo de uma combinação de votos e deixou o reality recebendo cinco deles, inclusive o da Jéssica, sua ex parceira na tribo Calango. “Fiquei decepcionado quando fui votado pela minha própria tribo. Nós tínhamos combinado de não nos votarmos. Quando nós nos juntamos, não imaginei que sairia primeiro”, conta.
A convivência com Kaysar no acampamento fazia sucesso entre os competidores. Ele foi o responsável por apresentar o cacto como uma possibilidade de alimento para a sua tribo, além de fazer a diversão das manhãs com a leitura da borra de café. “Eu comia uns cinco cactos por dia, no mínimo. Já tinha lido na internet que dava para comer os cactos cozidos ou crus. O gosto parece chuchu, não é nada demais, mas era bom para encher a barriga”, revela. 
Prova da Comida
 
O que é uma das primeiras coisas que vêm à mente quando o assunto é ‘No Limite’? Sim, é ela: a Prova da Comida. O desafio mais aguardado pelos fãs do reality está confirmado para a próxima terça (20). Os participantes precisarão de muita coragem e estômago para encarar as famosas comidas – tão temidas pelo público – se quiserem chegar à grande final, que acontece no dia 27 de Julho.
“Mas e o cardápio?” seria a próxima pergunta. A lista completa das iguarias – sim, no plural – será confirmada em breve, mas podemos dizer que, entre os itens, haverá um “pequeno” insecto que fará parte do menu especial.
Na entrevista abaixo, Kaysar, o eliminado da última noite, conta detalhes da sua experiência e revela que ainda não chegou ao seu limite.
Entrevista com o Kaysar Dadour:
 
Por que você aceitou participar do ‘No Limite’ e como avalia a experiência?
Eu aceitei participar porque queria descobrir o meu limite, aonde eu conseguiria chegar. Mas não cheguei nele. Foi muito importante participar para abrir mais a minha cabeça e o meu coração para descobrir quem o Kaysar é e quais são os meus limites.
O que era pior: o frio ou a fome?
Aquela chuva que pegamos… Jesus amado. Foram seis horas de chuva, todo mundo molhado. Eu, Angélica e a Gleici não tínhamos saco de dormir, só uma lona. Nós nos abraçamos e nos agarramos para tentar nos aquecer. Foi muito difícil. Mas a fome também não era fácil. Eu comia uns cinco cactos por dia, no mínimo. Já tinha lido na internet que dava para comer os cactos cozidos ou crus. O gosto parece chuchu, não é nada demais, mas era bom para encher a barriga. E eu sentia muita vontade de comer doce.
Qual foi o momento que mais te fez vibrar? E o que mais te decepcionou?
O que mais me fez vibrar foi quando ganhamos as provas do Privilégio e Imunidade depois de ter perdido cinco vezes seguida. E o que mais me decepcionou foi quando fui votado pela minha própria tribo. Nós tínhamos combinado de não nos votarmos. Quando nós, nos juntamos, não imaginei que sairia primeiro.
Para quem fica a sua torcida?
Fica para o André, que é da minha tribo. Ele é paciente, raciocina muito bem. Ele é muito bom de prova, muito mesmo. Torço para ele!
 O “No Limite” tem direcção artística de LP Simonetti e direcção geral de Angélica Campos, com apresentação de André Marques. O programa vai ao ar, no Globo HD, às terças e aos domingos, após Os “Dias Eram Assim”, às 22 horas e 5 minutos. O reality é mais uma parceria da Globo com a Endemol Shine Brasil, com base no “Survivor”, um formato original de sucesso. 
 
Pode ainda aceder aos conteúdos Globo em Angola através do Globo HD e Globo On, posições 10 e 72 da ZAP.
 
 
Foto Divulgação Globo/ João Cotta
- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments