- Publicidade -

More

    Os sete pecados capitais dos participantes do BBB 11

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Para felicidade de Maria, a luxúria não é um pecado grave no BBB (Divulgação/TVGlobo)

    Se é verdade que de perto ninguém é normal, todos os participantes do Big Brother estão previamente absolvidos de seus erros, suas gafes e seus pecados. Para quem se dispõe a ter a vida devassada por quase três meses ininterruptos, com câmeras e microfones poderosos transmitindo em rede nacional, no entanto, o perdão não interessa: o que vale é conquistar, a qualquer preço, o prêmio de um milhão e meio de reais, que traz a reboque contratos de publicidade, fama e – talvez o mais valioso de todos – muitas chances de carreira na TV Globo.

    Levando em conta que o que mantém um participante no BBB é a rejeição aos seus rivais – como acontece nos paredões –, deduz-se que a permanência na casa não é uma avaliação das qualidades, mas dos defeitos alheios. E a 11ª edição tem revelado que, no confinamento, como na vida, os BBBs estão sujeitos aos sete pecados capitais. A saber:

    Gula
    Poucos são os que resistem à tentação de, isolado do mundo, resolver seus problemas com uma relação mais intensa com o prato. Mesmo que o cardápio nem sempre seja dos melhores, abusar das refeições é uma prática comum, nem sempre compensada com a academia exclusiva dos participantes. Na 11ª edição, Paula e Daniel foram os mais gulosos. Paula chegou a se comprometer a não comer pão em um período na casa, mas sempre se aproximou dos líderes só para usufruir das guloseimas disponíveis no quarto da liderança. Já Daniel tem crises de choro sempre que perde a prova da comida.

    Os cabelos e as unhas de Adriana atraíram a inveja das 'sisters' (Divultação/TVGlobo)

    Os cabelos e as unhas de Adriana atraíram a inveja das ‘sisters’ (Divultação/TVGlobo)

    Ira
    Mauricio, que foi eliminado mas conseguiu retornar à casa com o voto do público, interpretou mal a chance que a sorte ofereceu a ele naquele momento: retornou para a casa jurando vingança e considerando que ele era forte no jogo. Conquistou, assim, uma tremenda rejeição que terminou por deixá-lo fora da disputa.

    Inveja
    O momento de maior inveja teve como pecadoras todas as mulheres da casa. Assim que a miss Campos dos Goytacazes, Adriana, deu seus primeiros passos na casa do BBB, recebeu olhares fulminantes. Não os dos ‘brothers’, que admiravam as curvas da moça, mas das ‘sisters’, que já não tinham mais as unhas feitas e o cabelo na sua melhor forma. “Quero ver quando molhar esse cabelo”, chegou a dizer Talula. Jaqueline foi mais além no hall dos invejosos. Dizendo-se amiga de Rodrigão, a passista aproveitou a eliminação de Adriana para investir pesado no amigo, sem esperar o lugar da miss esfriar no sofá.

    Preguiça
    Quase todos os BBBs têm seu momento de preguiça. Mas Daniel tem se revelado um sedentário profissional. Mesmo sendo costumeiramente um dos primeiros a acordar, raramente o pernambucano se movimenta – ok, ele contribui para as tarefas obrigatórias. Talvez por não fazer do aspecto físico um diferencial competitivo, ‘Dani’ tem sucumbido à tentação das almofadas.

    Daniel, em um 'momento preguiça': pernambucano não resiste a uma almofada (Reprodução)

    Daniel, em um ‘momento preguiça’: pernambucano não resiste a uma almofada (Reprodução)

    Luxúria
    Seria difícil deixar Maria de fora desse pecado. Logo ela, que sofreu a acusação de ser garota de programa e que, como mostra seu currículo, trabalhou em sites de imagens pornográficas, sucumbiu à luxúria nos dias de confinamento. Maria tentou o quanto pôde o ‘brother’ Mauricio. Fez strip-tease, fez um espetáculo exibindo a calcinha e apelou até para o fato de estar sofrendo sem sexo. Mas nas leis do BBB a luxúria é um pecado menor, e por enquanto não traz consequências negativas: só positivas, a julgar pela popularidade de Maria e de Wesley, que se juntou a ela ‘em pecado’.

    Avareza
    Diana, a carioca que tem posado de equilibrada e evita se expor, perdeu o rebolado quando Daniel queria comprar cigarros. O time estava com pouco dinheiro na hora de ir às compras e ela discutiu com o companheiro de equipe, dizendo que não era justo liberar o dinheiro para sustentar o vício de Daniel, enquanto os BBBs tentavam economizar com comida. Diana também gosta de preservar excessivamente tudo o que é seu e resiste à ideia de dividir os benefícios com os confinados.

    Vaidade
    Com tantas mulheres na casa, é um hojem, Rodrigão, o maior vaidoso do BBB. Apaixonado por um espelho, o bonitão “se ama”, e dialoga melhor com os aparelhos da sala de musculação que com outros confinados. Este também foi um pecado cometido com sotaque no BBB 11. O baiano Diogo, que conquistou o apelido de Diogro, era useiro e vezeiro em destratar outros ‘brothers’ e em tentar impor suas opiniões e pensamentos.

    Fonte: Veja 
    Share this
    Tags

    A Bombar

    Henrique Sungo e Filipe Anjos apresentam o seu novo projeto documental intitulado “Aspiracionalismo”.

    Depois de estrear na cidade de Londres, agora é a vez da cidade da Kianda receber a Santano Produções, uma produtora audiovisual do angolano...

    Fábio Hustle admite que namoraria com Malune e revela em Live que teve 14 ex-namoradas

    Por: Helder Lourenço Na noite desta quinta-feira (18), durante uma animada Live no TikTok com a participação de 3-Fine, Elisandra Elly e outros influenciadores, o...

    Conheça Legoo, única plataforma nacional de venda de ingressos que transfere dinheiro dos promotores em 24 horas

    Criar um evento e ver o seu rendimento nunca foi tão fácil, e por esta razão, a “Legoo”, plataforma angolana lançada hoje (18) no...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto