- Publicidade -

More

    Pai que violava filha durante 4 anos assume que se sentia atraído pela menina

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Pai que violava filha durante quatro anos assume que se sentia atraído pela menina

    “Eu via a miúda a passar, de toalha, e… me senti atraído pelo seu aspecto físico”

    Na passada quinta-feira, 14 de Janeiro, a sociedade angolana acordou com mais uma triste, dura e crua notícia, um pai que abusava sexualmente da sua filha há quatro anos, em sua própria casa.

    A notícia foi avançada no programa Kiandando, da Rádio Luanda, no qual o acusado acabou por confessar que várias vezes realizou o coito durante quatro anos, ainda na sequência dos factos, a filha abusada viu-se na obrigação de sair de casa, fugir, pelas constantes vezes que viu seu pai abusando de si, tocando em seu corpo e tirando sua roupa.

    O indivíduo confessou que, por sentir-se atraído ao ver a menina de toalha, teve a motivação de abusar da sua própria filha, sem medir o peso de consciência pelo acto que acabava, todas as vezes, destruindo o futuro da menor. “Eu via a miúda a passar na minha frente, de toalha, e olhava para ela, me senti atraído pelo seu aspecto físico, e partia para o acto constantemente”, disse, lamentando.

    Por: Leo Bernardo

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Restos mortais de Ângelo Victoriano repousam na Santa Ana

    Os restos mortais do antigo basquetebolista Ângelo Victoriano repousam, desde hoje, quarta-feira, no cemitério do Santa Ana, em Luanda. Ângelo Victoriano, o segundo angolano a...

    Coca-Cola e Química Verde levam água potável à província do Bengo com Biofiltros

    Por Sara Rodrigues Fotógrafo: Joaquim Manuel A Coca-Cola, em parceria com a Química Verde, implementou nesta quarta-feira, 17 de abril, uma iniciativa para proporcionar água potável...

    “O mundo não aprecia coitados nem perdedores”, diz Teresa Sara

    A atual Miss Angola Internacional, Teresa Sara, deixou um conselho para as jovens que a veem como modelo. Em sua abordagem, aconselhou-as a lutar...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto