- Publicidade -

More

    Palestra de Coréon Dú encerra Durban FilmMart 2021 com Chave de Ouro

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Depois de palestrar sobre cinema em língua portuguesa no festival em Berlim, Coréon Dú foi convidado para ser o key note speaker (palestrante principal ) no Durban Film Mart ( DFM) ,um dos principais eventos da indústria cinematográfica em África no painel com o tema “Driven by Inspiration “ ( Movido Pela Inspiração)”.

    Considerado pela revista Forbes como um dos 15 jovens mais criativos da África , o artista angolano é conhecido por ter criado as telenovelas Windeck e Jikulumessu , documentários como Bangaologia : A Ciência do Estilo , I Love Kuduro e por ter descoberto e lançado as carreiras de top models internacionais , como Blesnya Minher , Maria Borges, Amilna
    Estevão , Alécia Morais , Elsa Baldaia , entre várias mais.

    O convite para o evento internacional África do Sul surgiu depois do director criativo ter liderado palestras no famoso Berlinale ( Festival de Cinema de Berlim) em 2021 sobre o impacto do cinema dos países língua portuguesa.

    Em 2019, Coréon foi palestrante de destaque no primeiro Pavilhão Africano do icónico Festival de Cannes em França e 2020 no European Film Market do famoso Festival de Cinema de Berlim ( Berlinale) .

    No “DFM Conversations: Driven By Inspiration,” que foi moderado pela cineasta moçambicana Lara de Sousa , Coréon compartilhou o seu percurso e perspectivas como um dos principais directores criativos africanos, conhecido por ajudar a definir novas tendências narrativas do mercado audiovisual africano. No evento foram abordados os desafios e potenciais dos mercados africanos de língua portuguesa e como as obras destes
    têm surpreendido o mundo audiovisual regional africano e internacional .

    Coréon frisou aos presentes importância dos mercados PALOP manter a sua identidade criativa , enquanto adaptarem-se obrigatoriamente a exigência de clientes internacionais do mercado africano e de fora respeitando as melhores práticas técnicas e comerciais da indústria internacional. O criativo citou igualmente que a mais valia dos PALOP é
    sua criatividade e ponto de vista único não a sua densidade populacional , faltando apenas aposta e investimento no trabalho dos profissionais da região luso-africana.

    Exemplos citados foram obras de Coréon como a telenovela nomeada ao EMMY. “Windeck” que foi a primeira novela africana a ser exibida na televisão brasileira depois de ter sido sucesso de audiência em países como Portugal , França, Nigéria, entre vários outros .

    Coréon Dú é Licenciado em Ciências da Comunicação e Gestão de Empresas , com especialidade em Publicidade pela Loyola Universty New Orleans ( Estados Unidos da América) e Mestrado em Dance Theatre pelo Trinity Laban Conservatoire of Music & Dance ( Reino Unido) . Ele trabalha como director criativo, produtor e consultor criativo dentro e fora da sua terra natal tendo colaborado em projectos para clientes e parceiros como a TV Record, GLOBO, CNN, TVI , RTP, Elite Model World, Coca Cola , Grupo Castel ( África/ França) , MultiChoice ( África do Sul) , entre outros.

    Já no cinema de género fictício, a sua obra mais reconhecida é “Njinga: Rainha de Angola” sobre a lendária rainha angolana que ganhou vários prémios nos African Movie Academy Awards e foi selecção oficial em festivais como o Montréal World Film Festival , Los Angeles PanAfrican Film Festival e no FESPACO: Panafrican Film and Television Festival of
    Ouagadougou .

    Como consultor criativo e técnico trabalho em produções para clientes e parceiros de referência como “Mister Brau ” para a GLOBO , “ A Terra Prometida para para TV Record”, “ A Única Mulher” para TVI, entre outros
    .

    Fora do mundo da produção, Coréon Dú é conhecido indústria criativa como um exímio formador e catalisador de quadros tendo sido formador e mentor de muitos dos vários talentos nas áreas técnica e criativa nas áreas da produção de TV e Audiovisual, Dança, Música e Dramaturgia.

    DFM deste ano aconteceu sob o tema “Disrupt! A forma das histórias que virão”. O key note de abertura esteve a cargo da equipe da gigante Netflix e as honras de fechar com chave de ouro fazendo o key note de encerramento foi do angolano Coréon Dú .

    Link da palestra : https://youtu.be/BaJBohLtm7Q
    site do evento : http://durbanfilmmart.co.za

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Dom Caetano aborda dissabores com Carina Santos: “Se a cópia não convence, a música se esquece”

    Dom Caetano, com sua sólida argumentação, detalhou os dissabores que enfrentou com a artista Carina Santos devido à reprodução da música intitulada “Sou angolano”,...

    Banco BCS lança o seu primeiro fundo de investimento

    O Banco BCS, arrancou ontem com a subscrição de um fundo fechado especial de investimento em valores mobiliários, no valor global de 5.000.000.000 Kz. Destinado...

    Angola ocupa 4.ª posição no Ranking Africano de Futsal

    Por Helder Lourenço Após a recente realização do CAN`2024, em Rabat, Marrocos, Angola se destaca ao conquistar a quarta posição no ranking da Confederação Africana...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto