Polícia detém exploradores de menores

0
111

Dois cidadãos, com idades compreendidas entre os 28 e 56 anos, suspeitos dos crimes de exploração e tráfico de menores foram detidos, nesta quarta-feira, no Lubango, província da Huíla.

Os implicados acolhiam as crianças em sua residência, alegando ser solidário, por estas não terem onde se abrigar e sobretudo por serem da mesma etnia.

A polícia, segundo o Director Provincial de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando, Inspector – José Chimuco, fruto de um trabalho de inteligência e de investigação criminal, soube que, estas crianças eram obrigadas a estarem nas rua e a pedirem esmola, nos supermercados, padarias, farmácias, lojas entre outros locais e, muitas vezes, submetidas a fazerem trabalhos forçados e até mesmo a prostituição.

A operação foi realizada nos locais identificados, tais como: bairro Calumbiro, Benfica, Comandante, Cowboy e nalgumas artérias da cidade do Lubango, onde as vítimas passavam as noites em condições precárias.

O Problema constituir uma grande preocupação social e, sobretudo de natureza criminal, nesses termos a policia garante continuar com a operação e proceder a detenção de todos os suspeitos implicados nessa acção delituosa.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments