- Publicidade -

More

    Prestes a regressar ao mercado, Paul G conta que vai continuar a cantar em inglês

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    “A língua portuguesa não está promovida da forma que nós queríamos”

    A pedido dos fãs, Paul G, que está ausente dos palcos há oito anos e pretende regressar aos holofotes, contou numa recente entrevista ao PlatinaLine que não se vive 100% da música em Angola, sublinhando que, por decisão pessoal, preferiu dedicar-se a outras áreas, em que não fez questão de revelar.

    “Há novidades para este ano, agora pronto a voltar por ter recebido vários pedidos dos fãs a dizer que têm saudades. Não se vive da música 100% cá em Angola, estava dedicar-me em outras coisas na qual prefiro não falar. Entendi que muita coisa estava a se passar no mercado musical que na altura não estava a ir para o caminho certo”, frisou.

    Na ocasião, Paul G, que começou a cantar em inglês há muitos anos e já motivou muitos artistas a cantar nesta língua, destacou que vai dar continuidade às músicas cantadas na língua inglesa.

    “Vou cantar em inglês porque quando comecei a cantar em inglês muitos músicos internacionais como Wizkid e Burna Boy, que agora neste momento são as febres, basicamente estavam a começar no mercado e eu já cantava em inglês, já ia fazer actuações em países como África do Sul, Nigéria e vimos basicamente o crescimento desses músicos e isso motiva-me a pensar o seguinte: eu cantando em inglês, motivei os outros e não vou parar”, disse.

    Sobre a internacionalização da sua carreira, Paul G referiu: “Entrei no mundo da internacionalização e tenho que pegar aquilo que realmente o mundo no geral consome, não vou diminuir o português, mas temos que ser realistas; que a língua portuguesa não está promovida da forma que nós queríamos”, finalizou.

    Por: Mariana Raimundo

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Shopping fortaleza incentiva as crianças a adoptarem práticas sustentáveis

    Com o objectivo de educar e entreter as crianças neste mês especial, o Shopping Fortaleza disponibilizou gratuitamente uma série de actividades que promovem valores...

    Passing Toloba pede ao Presidente da República que institua o Dia Nacional do Kuduro em Angola: “Por favor”

    Por: Sara Rodrigues Através dos microfones do PLATINALINE, o controverso kudurista Passing Toloba apelou ao Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, para instituir uma...

    Eduardo Paim “chora” após singela homenagem de Calado Show

    Por: Helder Lourenço O consagrado Rei da Kizomba, Eduardo Paim, emocionou-se ao ser homenageado num evento intimista em Luanda pelo humorista Calado Show. Com palavras...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto