Primeira-Dama, Ana Dias Lourenço, e Ana Paula Dos Santos juntas em prol da solidariedade

0
173

Um total de l 1.897 crianças voltou ao seio familiar, nos últimos dez anos, com o apoio do Lar Kuzola, revelou, ontem, em Luanda, a directora da instituição, vocacionada ao acolhimento de menores de idade desamparados e/ou em conflito com a Lei.

Engrácia do Céu, que falava durante as comemorações do 10º aniversário de parceria com a Fundação Lwini e a Total E&P Angola, acrescentou que, durante o período em referência, 227 crianças foram inseridas em famílias substitutas para adopção.

“Foram anos de muitos desafios e conquistas, tendo a instituição trabalhado ininterruptamente na localização e reunificação das famílias”, referiu Engrácia do Céu, durante o acto que contou com a presença da Primeira- Dama, Ana Dias Lourenço, e da patrona da Fundação Lwini, Ana Paula dos Santos, que interagiam, cantando com as crianças e endereçando palavras de carinho.

Segundo Engrácia do Céu, durante os últimos dez anos, muitas crianças voltaram ao Lar Kuzola, por dificuldades socioeconómicas nas famílias e pelo facto de a maioria das famílias substitutas desejar, preferencialmente, menores de um ano.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments